Cuiabá Bom de Bola

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Endereço: Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, CEP.:78049-901

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)
Endereço RUA CAFELÂNDIA, 434 Bairro: LA SALLE RONDONÓPOLIS - CEP 78.710-050 - MT

A Assembleia Legislativa do Mato Grosso criou um aplicativo inovador para ajudar os cidadãos MT

CENSO AGRO 2017

CENSO AGRO 2017
"Juntos,vamos colher resultados para o Brasil

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

"Obras do ‘Minha Casa Minha Vida’ são retomadas em Livramento"

“As obras do Residencial Gregório Pires de Miranda, na cidade de Nossa Senhora do Livramento, paradas há mais de dois anos, foram retomadas na manhã desta terça-feira (15.08).” A Prosper Engenharia - empresa responsável pela construção prometeu entregar em 90 dias o conjunto formado por 100 unidades, fruto do Programa ‘Minha Casa Minha Vida’, iniciado na cidade papa-banana ainda em 2013. A obra havia sido inicialmente orçada em R$ 6 milhões, contudo foi paralisada por inviabilidade de recursos, e a Caixa Econômica Federal teve que fazer complemento financeiro à empresa. De acordo com moradores contemplados com as casas, as mesmas estão quase prontas, algumas faltando apenas acabamentos como: forro, pintura e instalação de torneiras. Contudo, algumas casas vinham sendo invadidas e saqueadas por moradores de rua e usuários de drogas.
Em junho deste ano, uma comissão formada por autoridades e moradores contemplados se reuniu com um representante da Caixa Econômica, onde cobraram a finalização das obras. O encontro se deu em Cuiabá, entre o gerente regional da Caixa Econômica em Mato Grosso, José Luiz Dias, o vice-prefeito da cidade de Livramento, Joemi Almeida, a secretária de Assistência Social, Elizabeth Leite de Oliveira, os vereadores; Manoel Gonçalo e Airton de Arruda (presidente da Câmara do município), e moradores sorteados com as casas.
“Até que enfim, agora parece mesmo que vou sair do aluguel”, declarou Jovany Arruda grávida de seis meses, umas das sorteadas no programa. Para a outra contemplada, Dayane Kelly, o reinicio e o término das obras representa a conquista do espaço dela para morar e criar seus dois filhos. “Não que seja ruim morar com parente, mas agora vou ter um canto meu e da minha família.”
Já Rosinete Maria, outra mãe contemplada com a casa, comparou o tempo das obras paralisadas da seguinte forma. “Tenho dois filhos; um de 6 e outro que vai fazer 3 anos, e essa obra estava parada desde quando eu estava grávida do meu caçula. Mas agora eu penso que a coisa vai sair, pois já tem até máquinas lá preparando para asfaltar as ruas.”
Para a secretária de Assistência Social, Elizabeth Leite de Oliveira, a felicidade das contempladas com as moradias chega até ser contagiante, “pois ali que essas pessoas ou famílias irão construir uma história de vida. Claro, o término dessas obras poderia ter vindo antes, já que perdemos duas idosas: dona Aída e dona Sebastiana, que a idade não permitiu esperar tanto tempo”, lamentou Elizabeth.

Elizeu Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário