A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.

A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2.368 - Sala 104 Bosque da Saúde - Cuiabá-MT - 78050-000 comercial@expovarejo.com.br | Fone: (65) 3057-5200

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

Greenpeace no Brasil

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

"Bezerra destaca crescimento da cultura orgânica no País"

Resultado de imagem para dep carlos bezerraO deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT) enalteceu na Câmara o trabalho desenvolvido pela Embrapa para o aperfeiçoamento da cultura orgânica, o que tem contribuído para o fortalecimento da atividade no País. “O Brasil está caminhando a passos largos para se tornar uma potência mundial na produção de alimentos orgânicos, e quero manifestar o meu pleno apoio a todas as iniciativas.”, disse o deputado. Bezerra ressaltou que, no mundo inteiro, e cada vez mais, a demanda por alimentos orgânicos está crescendo, sobretudo porque aumenta a preocupação dos consumidores em relação ao efeito residual de agrotóxicos nos alimentos, em especial frutas, verduras e legumes.
No Brasil, a área de produção de orgânicos soma 1,1 milhão de hectares, quase o dobro do que havia em 2013. O Brasil já representa a quinta maior potência mundial em agricultura orgânica. Disse Bezerra que a baixa produtividade e o alto custo da agricultura orgânica estão sendo superados, devido ao uso de sistemas agroflorestais, que combinam culturas agrícolas com espécies arbóreas. Esses modelos geram os próprios insumos, e isto viabiliza o cultivo orgânico em escala, já que os fertilizantes naturais ainda são caros. Mas o salto na produção de orgânicos no Brasil não está ocorrendo com o aumento do cultivo em grandes propriedades, porém num maior número de propriedades. Para tanto, o investimento em assistência técnica aos pequenos agricultores tem sido fundamental.
Exportação
Dados do Ministério da Agricultura indicam que esse tipo de cultivo no campo já é praticado em 22,5% dos municípios brasileiros. Em 2013, ele era encontrado em 6.770 propriedades. No ano passado, este número saltou para 15.700, ou seja, houve mais que o dobro de crescimento em três anos. O crescimento na produção deve-se ao acentuado aumento da demanda, sobretudo no exterior. Hoje ainda há uma grande lacuna entre a demanda europeia e a sua capacidade de produção, que tem sido suprida pela importação. Mas somente em 2011 os orgânicos nacionais adequaram-se aos padrões exigidos pela União Europeia, embora a lei federal que regulamenta os orgânicos no Brasil seja de 2003. Graças a esta adequação, os produtos brasileiros passaram a ganhar rapidamente o mercado europeu, impulsionando o segmento no País.
Arlindo Teixeira Jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário