CASA DOMINGOS

CASA DOMINGOS
Grandes marcas, com produtos de qualidade Av. Feb 861 Bairro: Manga Cep: 78.110-798 - Varzea Grande

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, 78049-901 Telefone: (65) 3313-6900

Programa da Gente

Programa da Gente
De segunda a sexta-feira das 10:00 ás 11:00 horas

TCE MT GESTÃO NOTA 10

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

"CÂMARA MUNICIPAL: Vereadores vão ao Ministério Público pedir celeridade na investigação sobre Emanuel Pinheiro"

A Câmara Municipal de Cuiabá aprovou na manhã desta quinta-feira (31), por requerimento do vereador Gilberto Figueiredo (PSB), uma visita oficial ao procurador-geral de Justiça do Estado de Mato Grosso, Mauro Benedito Pouso Curvo. Da tribuna, Gilberto explicou que a finalidade da visita é pedir ao Ministério Público do Estado (MPE) que haja celeridade no processo de investigação que envolve o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB). O vereador Gilberto Figueiredo pede que sejam esclarecidas as imagens veiculadas no Jornal Nacional da Rede Globo de Televisão – a partir do dia 24 de agosto último – nas quais o prefeito aparece recebendo dinheiro. O montante seria supostamente proveniente de propina durante o governo Silval Barbosa, época em que Emanuel Pinheiro era deputado estadual.

A solicitação apresentada por Gilberto Figueiredo surgiu após a maioria dos vereadores não terem aprovado a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), propositura que foi assinada por Gilberto, na última terça-feira (29). No entendimento de grande parte dos vereadores, o MP é o órgão com competência para realizar as investigações relacionadas ao prefeito Emanuel.

PREFEITO NA CÂMARA – Na última terça-feira (29), o vereador Gilberto Figueiredo apresentou um requerimento solicitando a presença do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, na Câmara Municipal para prestar esclarecimentos quanto às imagens veiculadas em rede nacional, onde aparece supostamente recebendo dinheiro proveniente de propina.

O requerimento foi apresentado para a Mesa Diretora, porém a mesma ainda não convocou o prefeito. De acordo com o Regimento Interno, o presidente da Câmara Municipal tem cinco dias úteis para encaminhar o requerimento ao prefeito.

ZF PRESS

Nenhum comentário:

Postar um comentário