Mato Grosso Previdência

Mato Grosso Previdência
Av. Dr. Helio Ribeiro, 487, Edifício Concorde - Térreo Bairro: Residencial Paiaguás CEP 78048-250 - Cuiabá - MT Telefone Geral: (65) 3363.5300 Disque Servidor: 0800 647 3633

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVA MUTUM

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVA MUTUM
Horário de atendimendo: Manhã: das 08:00 ás 11:00 Tarde: das 13:00 ás 17:00 Telefone: (65) 3308-6000 Ouvidoria: 0800 647 6022

Cuiabá Humanizada

terça-feira, 12 de setembro de 2017

"Goiás incentiva ampliação de indústrias e leva mais desenvolvimento ao interior"

O estado de Goiás, governado pelo tucano Marconi Perillo (PSDB), vem adotando medidas para incentivar a ampliação de indústrias na região. Parcerias com o setor privado, descontos em taxas de impostos cobrados, obras de facilitação de acesso e melhoramento da logística são algumas das alternativas que visam atrair investimentos. A Lei Nº 19.804, de agosto deste ano, dá crédito outorgado na operação de recolhimento do ICMS às novas empresas instaladas nos distritos industriais administrados pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego) ou naqueles que tenham parceria com esta Companhia, o que representa grande incentivo à industrialização. Após a aquisição da área para a instalação da nova indústria, as empresas terão desconto de 5% sobre a alíquota do ICMS durante um prazo de cinco anos, ou até que seja pago o valor investido.
Outros incentivos
A parceria imobiliária também está sendo utilizada pela gestão Perillo como forma de incentivar empresários a construírem suas industrias na região. A Codego fornece a área e a iniciativa privada fica responsável pela montagem e manutenção da infraestrutura das novas indústrias. A administração estadual investe ainda em infraestrutura e segurança. Recentemente, o governo do estado investiu R$ 9 milhões nas obras da construção do anel viário do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), com término previsto para novembro próximo. Ainda em Daia, o governo também executa a ampliação da estação de tratamento de esgoto. A obra, viabilizada por meio de parceria entre a Codego e Secretaria de Desenvolvimento do Estado (SED), é estimada no valor R$ 8 milhões, com término previsto para 2018.
A segurança também é uma preocupação da Codego. A companhia instalou câmeras, catracas, pórticos de acesso para controle do fluxo de pessoas nos distritos industriais. Hoje, o governo estuda a instalação de outros 18 novos distritos industriais em Goiás. O objetivo é atrair investimentos, fomentar a economia e gerar renda nessas regiões.
Clique aqui para ler a íntegra da matéria no Goiás Agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário