A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.

A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2.368 - Sala 104 Bosque da Saúde - Cuiabá-MT - 78050-000 comercial@expovarejo.com.br | Fone: (65) 3057-5200

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Vivência com o povo Xavante, 6 a 12 de Julho de 2018

Vivência com o povo Xavante, 6 a 12 de Julho de 2018
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Greenpeace no Brasil

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

"Por nova esperança, família considera transferir Schumacher para tratamento com especialista em lesões cerebrais nos EUA"

De acordo com a revista alemã ‘Bravo’, a família de Michael Schumacher considera transferir o heptacampeão mundial de F1 para Dallas, no Texas. O alemão permanece em tratamento intensivo em sua própria casa, na Suíça, para onde foi removido meses após o grave acidente sofrido na estação de esqui de Méribel, nos Alpes Franceses.Tudo por uma nova esperança. A família de Michael Schumacher considera transferir o piloto, que luta pela vida após o grave acidente sofrido em 29 de dezembro de 2013, numa estação de esqui nos Alpes Franceses, para os Estados Unidos. A revista alemã ‘Bravo’ reportou nesta semana que a família Schumacher pensa em levar o heptacampeão mundial para Dallas, no Texas, onde daria sequência ao tratamento com um especialista em lesões cerebrais, Dr. Mark Weeks. Schumacher está internado em um quarto na sua própria mansão, na Suíça, meses depois do acidente em Méribel. Praticamente não há notícias sobre seu estado de saúde, opção adotada pela própria família, que prefere o sigilo absoluto em relação às condições clínicas do heptacampeão.Contudo, a publicação reporta que Michael ainda está “fraco”, de modo que sua esposa, Corinna, busca ajuda nos Estados Unidos.A família Schumacher tem uma fazenda de gado em Dallas, onde Schumacher esteve com a família poucas semanas antes do acidente, participando de provas de equitação junto com a filha, Gina. Na mesma Dallas, está estabelecida a base do Dr. Mark Weeks, que é visto pela Schumacher como uma nova esperança para o tratamento do ex-piloto, segundo reporta a revista. “Nós temos uma vasta experiência com traumas. Provavelmente não há nenhuma clínica na Europa que lida com tantos casos como nós”, afirmou o médico à revista alemã. Recentemente, Sabine Kehm, assessora da família Schumacher e a responsável por blindar todas as informações sobre o heptacampeão, obedecendo, segundo ela, uma diretriz traçada pelo alemão desde o início da sua carreira, separando o público do privado. Nesses pouco mais de três anos após o acidente, poucas foram as notícias sobre sua recuperação e estado clínico. Em maio, a revista alemã 'Bunte' foi condenada a pagar R$ 170 mil à família Schumacher por ter publicado informações falsas sobre sua condição. Entretanto, o empresário Willi Weber, que esteve ao lado de Michael nas suas maiores conquistas no esporte e trabalhou com o piloto até 2012, entende que a família erra ao esconder dos fãs o real estado de saúde de Schumacher. A ponto de o ex-agente clamar para que a família conte a verdade.
Redação GP, de Sumaré
(Foto: Getty Images)

Nenhum comentário:

Postar um comentário