Cuiabá Bom de Bola

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Endereço: Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, CEP.:78049-901

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)

CÂMARA MUNICIPAL de RONDONÓPOLIS - Presidente Rodrigo da Zaeli (PSDB)
Endereço RUA CAFELÂNDIA, 434 Bairro: LA SALLE RONDONÓPOLIS - CEP 78.710-050 - MT

A Assembleia Legislativa do Mato Grosso criou um aplicativo inovador para ajudar os cidadãos MT

CENSO AGRO 2017

CENSO AGRO 2017
"Juntos,vamos colher resultados para o Brasil

sábado, 16 de setembro de 2017

"Programa Bom de Bola, Bom de Escola atende 400 alunos em várias modalidades"

A aula inaugural teve assinatura do contrato oficial e entrega de kits para os atletas mirins e contou com a presença do prefeito Emanuel Pinheiro e demais secretários e autoridades municipais. A aula inaugural do Programa Bom de Bola, Bom de Escola aconteceu nesta manhã, no Complexo Esportivo Dom Aquino, no Porto. A solenidade, que formaliza o início das atividades contou com a presença do prefeito Emanuel Pinheiro, do embaixador oficial da proposta, o ex-jogador da seleção brasileira Júlio César, secretários municipais e autoridades. Pais e alunos foram informados dos detalhes do programa e os 400 estudantes inscritos receberam kits, com uniforme, com camiseta, shorts, meias, boné e sequeez. Conforme o prefeito, o programa foi criado originalmente pelo ex-prefeito Roberto França e retomado para abrir o leque de oportunidades e chances de ter um futuro melhor para as novas gerações. "Este programa é um resgate de um projeto social, desportivo, educacional, que salva vidas, prepara crianças e serve para dar oportunidade e incentivo para os atletas mirins, que não têm incentivo para se projetar profissionalmente. Além de tudo, é um projeto que prioriza e investe na educação porque só vão acessar ao programa, as crianças que tiverem um bom rendimento escolar. Tem que estudar, tem que estar em sala de aula e tem que aprender poder participar", frisou. O chefe do executivo ainda ressalta que o programa trabalha sob o tripé formado por educação, talento individual e um viés social, classificado por ele como 'fora de série', devido ao alcance e impacto que terá na sociedade. "Este é um projeto altamente social, porque ele tem como foco as crianças carentes, menos favorecidas e que não têm oportunidades de crescer. É um projeto que veio para abraçar aqueles que são muitas vezes excluídos e vivem às margens da sociedade. É lá que eu quero chegar, alcançar estas pessoas e fazer desta iniciativa um símbolo de cidadania e de dignidade da pessoa humana", explicou emocionado. Já o secretário municipal de Educação, Rafael Cotrim, relembra que este alcance social também se dá pela expansão do leque de opções desportivas dentro do programa. "No Brasil nós temos a tradição do futebol, mas viemos aqui por meio desta união de esforços alcançar estas pessoas que precisam de um projeto como este, por meio das outras modalidades também, como o tênis de mesa, atletismo além do futebol de salão, que também faz parte da tradição nacional. O alcance social trará com certeza evolução no rendimento escolar, além de mostrar para a capital mato-grossense e para o Brasil muitos talentos que estavam escondidos até então. Sem dúvida nenhuma grandes talentos serão descobertos por aqui" frisou. Cotrim também reforçou que não há Educação sem Esporte, assim como também não há inclusão sem oportunizar e abranger de fato, aqueles que são foco desta inclusão. E para os pais esta expectativa também é correspondida, como mostra Andréia Dias, mãe do Gustavo de 11 anos, que estuda na Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Francisval de Brito, e escolheu participar do futebol de campo. "Esta é a primeira vez que ele vai poder realizar o sonho e até se tornar um profissional desportivo. Para nós, estar aqui hoje é motivo de muita alegria, porque ele ficou muito ansioso, quase não dormiu a noite, para poder vir aqui cedo. Ele já é bom aluno, mas esperamos que melhore muito mais na escola e reforce a parte de interação até mesmo em familia", esclareceu a mãe.

O Programa

O “Bom de Bola, Bom de Escola” foi criado em 1998 pelo ex-prefeito Roberto França e funcionou como ‘fonte motivadora’ para que estudantes melhorassem suas notas escolares e para estimular suas habilidades esportivas e ainda proporcionar o sonho de muitas crianças carentes em se tornarem atletas profissionais. O projeto piloto da iniciativa irá atender a 400 crianças, matriculadas na rede pública (município e estado), com idades entre 6 e 14 anos. Serão formadas equipes masculina, feminina e portadores de necessidade especial, nas modalidades de futebol, futsal, e tênis de mesa. O programa da prefeitura municipal de Cuiabá é uma parceria entre as secretarias de Obras Públicas, Educação, Ordem Pública, Saúde, Assistência Social, Esporte, Cultura e Turismo e Secretaria de Serviços Urbanos, onde cada uma prestará a devida assistência aos atletas dentro de sua especificidade. Os estudantes poderão contar com uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, pedagogos, professores de educação física, psicólogos, assistentes sociais, entre outros.

Segue lista das Escolas Municipais de Educação Básica (Emeb) e Escolas Estaduais (EE) que fazem parte do piloto são:

Emeb Hélio de Souza Vieira

Emeb Agostinho Simplicio Figueiredo

Emeb Professora Thereza Lobo

Emeb Professor Francisval de Brito

Emeb Professora Rita Caldas Castrillon

EE Dom Francisco de Aquino Correa

EE Aureolina Eustácia Ribe0iro

EE Alina do Nascimento Tocantins

EE Senador Azeredo

EE Santos Dumont

EE Barão de Melgaço

LINA OBAID

Nenhum comentário:

Postar um comentário