A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.

A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2.368 - Sala 104 Bosque da Saúde - Cuiabá-MT - 78050-000 comercial@expovarejo.com.br | Fone: (65) 3057-5200

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

domingo, 29 de outubro de 2017

"Esquerda pode governar Islândia após eleição"

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindoApesar de perder cinco assentos, partido do primeiro-ministro mantém maior bancada do Parlamento. Entretanto, coalizão entre verdes. social-democratas e piratas possivelmente formará novo governo do país.O governo de centro-direita do primeiro-ministro Bjarni Benediktsson, perdeu sua maioria nas eleições antecipadas realizadas no sábado na Islândia, conforme resultado parcial divulgado neste domingo (29/10), após apuração de mais de 80% dos votos. Os conservadores perderam cinco assentos, elegendo 16 deputados, mas ainda assim conseguiram uma sólida vitória contra o Movimento de Esquerda Verde, que melhorou ligeiramente os resultados de há um ano, conquistando 11 lugares no Parlamento (um a mais), podendo liderar a formação de um governo, através de uma coalizão com social-democratas e piratas. Tal aliança teria uma maioria, ainda que apertada, de 32 deputados em um Parlamento com 63 lugares. Embora o conservador Partido da Independência, de Benediktsson, tenha se mantido como a maior força política, não conta com o apoio de sócios para governar, depois que a coalizão de Benediktsson se rompeu, por causa de um escândalo envolvendo um pedófilo, que salpicou sobre o primeiro-ministro. A coalizão de governo, liderada pelo Partido da Independência, foi dissolvida no mês passado, devido à saída do pequeno partido Futuro Brilhante, que acusou Benediktsson de ter tentado encobrir um escândalo envolvendo seu pai, que tinha intercedido a favor de um amigo condenado por cometer uma série de abusos sexuais sobre sua enteada menor de idade durante cinco anos. Cerca de 248 mil islandeses foram convocados para as urnas. A eleição do sábado foi a segunda realizada na Islândia em apenas 12 meses. O governo anterior havia caído no ano passado, após revelações do escândalo Panama Papers de que o então primeiro-ministro, Sigmundur David Gunnlaugsson, tinha dinheiro em paraísos fiscais.
MD/dpa/afp/lusa/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário