A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.

A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2.368 - Sala 104 Bosque da Saúde - Cuiabá-MT - 78050-000 comercial@expovarejo.com.br | Fone: (65) 3057-5200

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Vivência com o povo Xavante, 6 a 12 de Julho de 2018

Vivência com o povo Xavante, 6 a 12 de Julho de 2018
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Greenpeace no Brasil

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

"Sebastião Rezende pede esclarecimentos à Energisa sobre a qualidade dos serviços prestados"

O parlamentar lembra que a concessionária lidera o número de reclamações feitas ao Procon/MT. O deputado estadual Sebastião Rezende (PSC) é autor de um requerimento solicitando explicações da Energisa, concessionária responsável pela operação e distribuição de energia no estado, sobre a qualidade dos serviços prestados em Mato Grosso. No requerimento, o parlamentar lista diversas dificuldades enfrentadas pelos consumidores e pede que sejam apresentados os motivos para a ocorrência dos problemas.
Entre eles estão oscilações constantes, quedas de energia frequentes, interrupção no serviço sem aviso prévio, mesmo quando se trata de uma manutenção programada na rede, e a falta de preparo dos atendentes que lidam com o público. Rezende também cita falhas da concessionária que pesam no bolso do cidadão e cobra explicações. Segundo o parlamentar, há demora no ressarcimento do consumidor que perdeu eletrodomésticos devido a oscilações de energia e também é frequente a cobrança de valores abusivos na conta. Além disso, ele pede esclarecimentos sobre o não cumprimento de decisão do Supremo Tribunal Federal (Recurso Extraordinário 574506), em que foi declarada inconstitucional a inclusão do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) na base de cálculo do Programa de Inclusão Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) nas conta de energia elétrica, o que torna a fatura mais cara. Líder de reclamações - Com os questionamentos, o deputado Sebastião Rezende pretende reverter o quadro atual, em que os problemas levaram a Energisa a ser campeã no número de reclamações apresentadas ao Procon/MT. “Em 2016, o segmento da energia elétrica registrou um aumento de aproximadamente 9,55% no volume de procedimentos administrativos registrados em comparação a 2015, o salto foi de 5.203 atendimentos do órgão estadual para 5.709”, destaca. Por isso, ele também pede informações sobre o que está sendo feito para que a empresa deixe esse ranking. “É de necessidade urgente darmos um tratamento melhor aos consumidores da Energisa em Mato Grosso”, defende o parlamentar.
Por INGRIDY PEIXOTO
(Foto: Marcos Lopes/ALMT)

Nenhum comentário:

Postar um comentário