CASA DOMINGOS

CASA DOMINGOS
Grandes marcas, com produtos de qualidade Av. Feb 861 Bairro: Manga Cep: 78.110-798 - Varzea Grande

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, 78049-901 Telefone: (65) 3313-6900

Programa da Gente

Programa da Gente
De segunda a sexta-feira das 10:00 ás 11:00 horas

TCE MT GESTÃO NOTA 10

"NOBRES:Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

"NOBRES:Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

terça-feira, 28 de novembro de 2017

"CONFLITO AGRÁRIO: Savi ‘briga’ por permanência de famílias em área no Coxipó do Ouro"

Uma reunião com o governador, Pedro Taques, e com o presidente do Intermat, Cândido Teles, está marcada para tentar reverter a decisão e garantir a permanência das famílias no local. Cerca de 30 famílias que moram há mais de 10 anos em uma área no Coxipó do Ouro, em Cuiabá, correm o risco de serem despejadas no próximo mês. Uma decisão da Vara Especializada de Direito Agrário concedeu liminar favorável ao requerente da terra de 200 hectares. As famílias de pequenos produtores rurais da comunidade procuraram o deputado Mauro Savi (PSB) para tentar reverter a decisão no Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) ou realizar um apelo ao governador Pedro Taques (PSDB). Conforme Savi, as famílias precisam somente de 37, dos 200 hectares que o requerente reivindica. “Ele ficará com 163 hectares de uma terra que ele não conseguiu provar que é sua. Então, vou fazer um apelo ao governador para manter essas famílias no local. É uma causa justa, porque eu vejo que são pessoas trabalhadoras lutando para ter suas casas e meios de sobrevivência na agricultura familiar”, lamentou o deputado. Representando a Defensoria Pública do Estado, o defensor Air Praeiro Alves lembra que, após a decisão judicial, agora é ir em busca de um processo conciliatório. “É uma questão de justiça social e tentar agora sensibilizar as autoridades de que essas famílias não podem ficar desassistidas. Elas não podem sair daquele local porque a comunidade já se concretizou, as famílias já construíram casas, o local possui energia e ali eles plantam para sobreviver”, conta o defensor público.
O deputado Mauro Savi já pediu uma reunião com o governador Pedro Taques e com o presidente do Intermat, Cândido Teles, para reverter a decisão e garantir a permanência das famílias no local.
FERNANDA CRISTINA LEITE

Nenhum comentário:

Postar um comentário