Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Certificado de Responsabilidade Social

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

"Ministro dos Transportes participa de debate sobre a BR-163 nesta terça-feira (21), em Sinop"

A mesa redonda foi requerida pelo deputado federal Nilson Leitão (PSDB/MT) na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR) para “Esclarecer a logística e outras demandas sobre as obras da BR 163 e os impactos sobre e escoamento da Safra”, uma vez que a questão dos transportes é pauta permanente na agenda da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), da qual é presidente. O debate será na Câmara de Vereadores de Sinop a partir das 9h. O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, confirmou presença. Também foram convidados representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), Ministério Públicos Estadual e Federal, Exército Brasileiro, Polícia Rodoviária Federal, Concessionária Rota do Oeste, setor agropecuário, de cargas, deputados, prefeitos, vereadores e entidades de classe. “As dificuldades do escoamento da safra e os prejuízos o setor que vem acumulando ao longo dos anos sobretudo pelo atraso em obras que levam à manutenção de veículos e ainda dificuldades no cumprimento de contratos, prazos de entrega de mercadoria entre outros, justificam este debate”, disse Leitão. Há cerca de duas semanas o parlamentar protocolou documentos no Tribunal de Contas da União (TCU), Procuradoria Geral da República (PGR) e na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) pedindo investigação de possíveis irregularidades no contrato e na administração da concessão da BR-163 por parte da Concessionária Rota do Oeste, além da suspensão da cobrança de pedágio na rodovia. Considerando a presença do ministro, demandas de outras rodovias federais como as BRs 242 e 174, também farão parte do debate.
Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário