CASA DOMINGOS

CASA DOMINGOS
Grandes marcas, com produtos de qualidade Av. Feb 861 Bairro: Manga Cep: 78.110-798 - Varzea Grande

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, 78049-901 Telefone: (65) 3313-6900

Programa da Gente

Programa da Gente
De segunda a sexta-feira das 10:00 ás 11:00 horas

TCE MT GESTÃO NOTA 10

"NOBRES:Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

"NOBRES:Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

"Projeto Escola 300 impacta alunos e professores com reformas emergenciais corretivas"

O projeto Escola 300 já está fazendo a diferença nas 96 comunidades escolares contempladas com a iniciativa. Trocas de forro, reparos na acessibilidade, renovação da pintura das salas e outros ajustes já contribuem para uma pequena mudança no ambiente estudantil, permitindo que o conhecimento seja propagado com maior segurança e conforto. Avaliando estas reformas emergenciais, o prefeito Emanuel Pinheiro percorreu corredores e cômodos da EMEB Deputado Ulisses S. Guimarães, localizada no bairro Ouro Fino pontuando também as necessidades latentes que precisam de uma resposta imediata.
Durante sua visita, que aconteceu na manhã desta sexta-feira (01), o gestor ainda foi homenageado pelos mais de 300 alunos da unidade, com cartas que refletiam a gratidão pelo trabalho feito pelo município e o desejo por novas transformações. “Eu ando pelas comunidades justamente porque é desta forma que serei capaz de sinalizar as brechas existentes na Capital. Os professores da rede municipal de ensino dedicam sua vida à formação das nossas crianças e reconheço que muitas vezes este trabalho é feito em condições adversas e precárias. É por isso que estar aqui é tão crucial. Sinto uma gratidão abundante pelo carinho desses alunos, com a alegria de poder ser cobrado por cada um deles, que já possui a consciência cidadã quanto ao papel de um gestor. A Prefeitura está atuando de maneira emergencial nas necessidades urgentes, mas já estamos realizando um estudo das unidades carentes, para que em breve possamos operar de maneira ainda mais significativa, oferecendo condições dignas de trabalho, com escolas que sejam bem equipadas, confortáveis e seguras. A educação é também a nossa prioridade e não vamos nos conformar com o atual contexto vivido pelos nossos gestores”, afirmou Pinheiro. Com capacidade para 600 alunos, a EMEB foi contemplada com reparos estruturais que englobam desde a troca do forro ao aprimoramento à acessibilidade na entrada da unidade. Além da manutenção emergencial, a unidade recebeu novos mobiliários com a entrega de carteiras anatômicas, que contribuem diretamente para o bom aprendizado das 323 crianças que estudam no espaço. “Antes não tínhamos nada. Trabalhávamos no improviso, adaptando a pequena estrutura que possuímos. As carteiras já ajudaram muito na rotina dos nossos alunos. Eles precisam de um espaço adequado e confortável para aprender, pois a absorção de conteúdo está intimamente ligada à condições estruturais necessárias que possibilitem o ensino. Temos muitas falhas na na nossa escola e já as apresentamos ao nosso prefeito, mas não podemos deixar de agradecer por essa sensibilidade em operar de forma emergencial. O pouco que foi executado já trouxe benefícios. Continuaremos lutando por mais mudanças, mas somos extremamente gratos pelo que já foi feito”, afirmou Sandra Aparecida Silva Moraes, diretora da EMEB Deputado Ulisses S. Guimarães. O sentimento de reconhecimento pelo projeto Escola 300 se estende de maneira generalizada entre os demais gestores da unidade, bem como entre os alunos. Para a coordenadora Rosenilda Martins da Silva, todas as crianças partilharam do desejo de valorizar aquilo que a Prefeitura tem executado dentro de suas limitações. “Muitas cartas foram escritas e todos queriam deixar evidente a alegria que possuem por ter carteiras novas e algumas pequenas mudanças que já melhoraram o dia-a-dia aqui. Essa demonstração de afeto e gratidão foi transmitida em desenhos e em palavras de maneira livre, para que eles se expressassem segundo o seu coração”, disse. Para a aluna Ana Clara Macedo, 10, as melhorias foram bem legais e fizeram a diferença na unidade. “Eu sou muito grata pela Prefeitura ter ajudado a nossa escola, estávamos precisando muito. Mas também quero que essa mudança continue aqui, para que possamos estudar em um lugar que seja seguro e bom para todos”, afirmou a estudante do 4º ano que sonha em ser advogada. A atenção dada pelo prefeito Emanuel Pinheiro e pelo secretário municipal de Educação, Rafael Cotrim, também impacta diretamente a comunidade do Ouro Fino, onde a EMEB se encontra. De acordo com o presidente do bairro, Amauri Pereira, a região depende da rede municipal de ensino e visitas in loco são fundamentais para que as necessidades gerais sejam contempladas. “É importante que o nosso gestor esteja nas vizinhanças, conhecendo os problemas enfrentados por todos na pele. Essa fiscalização contribui muito para o desenvolvimento local, pois é dessa forma que ele saberá pensar e executar soluções eficazes. Nossa escola possui 20 anos e precisa de uma atenção especial. É valioso saber que o prefeito percebeu isso e veio prestar toda a assistência para as famílias que dependem desta unidade.
Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário