A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.

A MAIOR FEIRA DE MATO GROSSO PARA SUPERMERCADOS, PADARIAS E HOTÉIS.
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 2.368 - Sala 104 Bosque da Saúde - Cuiabá-MT - 78050-000 comercial@expovarejo.com.br | Fone: (65) 3057-5200

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

domingo, 14 de janeiro de 2018

"Chelsea Manning quer concorrer ao Senado dos EUA"

Chelsea Manning saiu da prisão no ano passado, após perdão de ObamaEx-oficial transexual condenada por repassar ao WikiLeaks documentos confidenciais do governo dos EUA se inscreve para estrear na política pelo Partido Democrata, no estado de Maryland.Chelsea Manning, a ex-militar transexual que foi condenada por repassar ao WikiLeaks documentos confidenciais do governo dos EUA, apresentou a documentação para se candidatar oficialmente ao Senado americano pelo estado de Maryland, informou a mídia americana neste sábado (13/01). O documento, publicado no site da Comissão Eleitoral Federal (FEC, na sigla em inglês) tem data de 5 de janeiro e foi encaminhado pessoalmente na quinta-feira. Manning vai enfrentar o democrata Ben Cardin, que ocupa o posto há dois mandatos e é favorito para conseguir a reeleição em novembro. Cardin, principal democrata no Comitê de Relações Exteriores do Senado, tem uma extensa base de arrecadação no estado. No entanto, analistas avaliam que um candidato externo, conhecido nacionalmente, como Manning, poderia aproveitar uma rede de doadores interessados em promover uma agenda progressista. Chelsea Manning, de 30 anos, conhecido como Bradley Manning no momento da prisão, em 2010, o ex-analista dos serviços de informação militares, foi condenado em 2013 a 35 anos de prisão pela divulgação de mais de 700 mil documentos militares e do Departamento de Estado no portal Wikileaks – o maior vazamento de documentos sigilosos da história dos EUA. No ano passado, o então presidente americano, Barack Obama, comutou a pena de Manning. Ela então foi libertada em maio passado da prisão militar no Kansas, onde cumprira sete anos da pena. Em setembro tinha sido anunciado que Chelsea Manning ia ser uma das professoras visitantes na Universidade de Harvard, onde falaria sobre questões de "identidade" da comunidade homossexual e transexual nas Forças Armadas dos EUA. Depois de ser condenado enquanto homem, revelou que se sentia mulher, pediu que lhe começassem a chamar Chelsea, em vez de Bradley, e se submeteu a um tratamento para mudar de sexo.
MD/efe/lusa/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário