CONVERSA AFIADA

Vereador RODRIGO ZAELI do PSDB-MT

Vereador RODRIGO ZAELI do PSDB-MT
Câmara Municipal de Rondonópolis R. Cafelândia, 434 – La Salle, Rondonópolis – MT, 78710-050 (66) 3422.7554 | (66) 99900.5757 atendimento@rodrigodazaeli.com.br

"Todos no combate a Dengue"

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, 78049-901 Telefone: (65) 3313-6900

TCE MT GESTÃO NOTA 10

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

"NEGÓCIOS: "Processo de sucessão familiar é fundamental para perenidade de empresas", explica especialista"

Criadas sob a perspectiva de serem perenes, muitas empresas acabam encerrando suas atividades pouco tempo depois em que ocorre a sucessão do fundador pelos filhos. Este fato corriqueiro no mundo empresarial só acontece porque ainda há falta de planejamento e de estruturação do processo de transmissão da empresa entre as gerações. “O índice de mortalidade das empresas familiares acontece muitas vezes porque não se entende que a sucessão é um processo de longo prazo, e não um fato. Toda empresa precisa pensar na sucessão de forma permanente, não é apenas a escolha pura e simples do sucessor”, explicar o professor da Fundação Dom Cabral, Adriano Salvi. O professor pondera que durante o processo de sucessão familiar é fundamental o desenvolvimento das gerações futuras, assim como o vislumbramento de como será o futuro do fundador da empresa, após este ser sucedido. Para Salvi é fundamental ter um alinhamento de expectativas entre o fundador (es) da empresa e os sucessores, de forma que ambos concordem com o processo de sucessão e estejam alinhados para garantir a perenidade da empresa. “Neste sentido o desenvolvimento e preparação dos sucessores deve ser pautada sob o aspecto da liderança. Os sucessores devem aprender a serem líderes, para dar continuidade ao empreendimento de forma eficaz”, destaca Salvi.
CONSULTORIA – Para que o processo de sucessão familiar seja desenvolvido com êxito, a contratação de uma consultoria é fundamental para que os processos de transição sejam assimilados e garantidos.
“Ao oferecermos a consultoria de sucessão familiar demonstramos aos fundadores e potenciais sucessores todos os aspectos que precisam ser elencados e garantidos para que a transição não seja um processo traumático, e sim garantidor de bons resultados com a continuidade do empreendimento”, explica Lorena Lacerda, que é diretora-geral do Grupo Valure, associado à Fundação Dom Cabral, em Mato Grosso, e que possui, entre outras áreas de atuação, know-how em sucessão familiar.
ZF PRESS

Nenhum comentário:

Postar um comentário