Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

"Prefeitura de Cuiabá - Trabalhando e cuidando da gente"

Todos juntos contra a dengue

quarta-feira, 14 de março de 2018

"Empresários, poder público e comunidade debatem a Lei Ambiental de resíduos sólidos do município de Tapurah"

O evento aconteceu na noite da última terça-feira (13) e explicou a Lei Ambiental, sanando dúvidas sobre a responsabilidade entre os setores envolvidos no processo. Ministrado pela Secretária Municipal de Meio Ambiente de Sinop, Luciane Bertinatto a população pode entender mais sobre as responsabilidades ambientais. Por não conhecer as soluções adequadas, diversas empresas poluem o meio ambiente. Algumas de maneira mais nociva que outra, mas no geral, muita poluição. Entre os principais problemas causados pela poluição, temos o da saúde pública. A palestrante Luciane Bertinatto explicou que o licenciamento ambiental é um importante instrumento de gestão. “A Política Nacional de Meio Ambiente, por meio da Lei Ambiental de Resíduos Sólidos, a administração pública vai buscar e exercer o necessário controle sobre as atividades humanas que interferem nas condições ambientais” pontuou a secretária.
Segundo a Diretora Municipal de Desenvolvimento, Cintia Fabiana Rincão, a responsabilidade traz ganho para a comunidade e ao meio ambiente, “nos motiva a discussão da regulamentação da política de resíduos sólidos no município, pois as empresas deixam de ser a única responsável pela Lei Ambiental de Resíduos Sólidos e passam a ser um dos agentes dessa discussão, o trabalho será realizado em conjunto e deverá favorecer a prática da sustentabilidade de nosso município”, destacou Cintia.
Entre os instrumentos da Lei temos os Planos de Resíduos Sólidos e o princípio da responsabilidade compartilhada. Na prática significa que a responsabilidade pela gestão de resíduos foi distribuída em toda a sociedade. A administração pública e as empresas têm um papel muito importante na realização das ações. Todos precisam elaborar seus planos de resíduos identificando as formas de destinação que deve ser ambientalmente adequada.
O licenciamento ambiental é um instrumento de prevenção e fiscalização, instituído pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal nº Lei 12.305/2010), que consiste em um procedimento administrativo pelo qual o órgão competente licencia a localização, instalação, ampliação e operação de empreendimentos ou atividades que possam causar poluição ou degradação ambiental.
Maurício Dalepiane/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário