Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Certificado de Responsabilidade Social

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

segunda-feira, 5 de março de 2018

"MERCADO DE TRABALHO: CRECI-MT aponta momento favorável para corretores de imóveis"

O número de corretores de imóveis tem crescido em Mato Grosso, em 2017 foram 514 novos inscritos no Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Mato Grosso (CRECI-MT) e em 2018, já são 69 novos inscritos. De acordo com o presidente do CRECI-MT, Benedito Odário, Mato Grosso fechou 2017 com 9500 inscritos no Conselho. “Entre 2010 e 2013 tivemos uma grande migração de vendedores de outras áreas para vendas de imóveis. Muitos em busca de melhoria de renda, impulsionados pelo otimismo da realização da Copa do Mundo no Brasil em Cuiabá no ano de 2014”, lembra Odário. O presidente da autarquia destaca que para se manter no mercado a qualificação profissional é primordial. “A atual formação necessária para realizar transações imobiliárias ou praticar a atividade de corretor de imóveis é a de curso Técnico de Transação Imobiliária (TTI), que dura de seis a oito meses, ou tecnólogo de gestão imobiliária, com duração de dois anos e equivalência de um curso superior”, cita.
A crise econômica enfrentada pelo país atingiu também o mercado imobiliário e consequentemente os corretores. Agora depois de quase 4 anos de dificuldade no mercado, os trabalhadores começam a voltar a sorrir.
“O mercado é de fases. Tivemos uma boa fase de 2010 a 2013 que atraiu muita gente para a profissão, depois até outubro de 2017, enfrentamos dificuldades, já que o comprador estava mais cauteloso. Agora do final do ano passado percebemos a retomado do otimismo do comprador”, avalia o diretor secretário do CRECI-MT, Claudecir Contreira. “Hoje o corretor está com dinheirinho no bolso”, brinca.
O diretor comercial do Brasil Beach Home Resort, Bernardo Bonilha, aponta que o corretor de imóveis é um grande parceiro que ajudou o empreendimento a se tornar um fenômeno de vendas. “Investimos bastante nesta parceria. Selecionamos os melhores corretores do mercado, todos são profissionais qualificados, preparados para atender nossos clientes da melhor maneira”, destaca.
A corretora de imóveis, Inês Paiva, 36, atua há dois anos na imobiliária BC Imob, e conta que se sente realizada ao ajudar as pessoas a realizarem o sonho da casa própria. “Os clientes buscam muito mais do que um teto para a família. Eles querem garantir o conforto, a segurança e a comodidade que o empreendimento oferece”, analisa.
Com o trabalho de corretora, Inês também conseguiu ver seus sonhos realizados. “Já consegui comprar um carro zero, financiar o meu apartamento e estou terminado de mobiliar o espaço, onde vivo com meu filho de 7 anos”, conta. “Precisamos trabalhar muito, procurar fazer cursos e capacitações, o mundo não para. Mas o esforço compensa”, afirma.
“Para o Brasil Beach é muito satisfatório ver que o empreendimento é capaz de mudar a vida não só dos nossos clientes como também dos nossos parceiros”, completa Bonilha.
ZF PRESS

Nenhum comentário:

Postar um comentário