Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT

Conecte na ALMT

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Impostômetro do Brasil

quarta-feira, 18 de abril de 2018

"ECONOMIA DE MT: Zeca Viana intervém e governo mantém incentivo para o feijão "

Deputado afirmou na tribuna que governador precisava rever política fiscal. O deputado Zeca Viana (PDT-MT) fez uma intervenção na tribuna da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (17) e cobrou do governador Pedro Taques (PSDB) a manutenção do incentivo fiscal para produtores de feijão. O parlamentar atendeu a demanda dos vereadores de Primavera do Leste (220 Km de Cuiabá) e de empresários que estavam reunidos na noite de terça-feira na Câmara Municipal da cidade. “Teve outras situações que a lei estava vencida, no mesmo jeito do caso do feijão, e ele sancionou, porque era do interesse dele”, disse Zeca Viana.
Após encerramento da sessão na Assembleia Legislativa, o deputado obteve a informação de porta-voz do governo de que o incentivo será prorrogado até dezembro para a comercialização interestadual. O que implica no crédito presumido 66,66% do Regulamento ICMS/2014.
Uma decisão da Secretaria de Fazenda (Sefaz) publicado no Diário Oficial com data de 17 de abril indeferiu o crédito presumido.
O deputado Zeca Viana diz que este ano o plantio de feijão diminuiu por causa da falta do incentivo fiscal. “Inviabiliza e não é competitivo com outros Estados. Faz com que trave os negócios dos produtores e não tem geração de empregos e renda”, afirma.
www.facebook.com/zecavianamt
www.instagram.com/zecavianamt

Nenhum comentário:

Postar um comentário