Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

MRV ENGENHARIA

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

ABAV EXPO 2018 Conecta

ABAV EXPO 2018 Conecta
Av. Olavo Fontoura, 1209 - Portão 1 - Santana, São Paulo - SP E-mail: visit@abavexpo.com.br

domingo, 27 de maio de 2018

"Jornalista J. Hawilla morre aos 74 anos em São Paulo"

O jornalista e empresário J. Hawilla morreu nesta sexta-feira (25), em decorrência de problemas respiratórios. Ele tinha 74 anos e estava internado desde segunda-feira (21), no hospital Sírio Libanês, em São Paulo. As informações são do G1 e da Folha de S. Paulo.Hawilla estava no país há três meses, depois de passar cinco anos nos Estados Unidos. O empresário foi o principal delator do escândalo de corrupção da compra de direitos de transmissão de direitos esportivos, que resultou na prisão do ex-presidente da CBF, José Maria Marin.
O processo, que é investigado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, o FBI e a Receita Federal americana, revelou casos de corrupção na Fifa durante 20 anos.
Ao fazer a delação, J. Hawilla fechou um acordo com a Justiça americana em que se comprometeu a devolver US$ 151 milhões. Ele pagou a multa e ficou nos EUA desde 2013.
Hawilla conseguiu autorização das autoridades dos EUA para voltar ao Brasil, em fevereiro, por causa de seus problemas de saúde.
Do interior de SP para o mundo
O jornalista começou a carreira como repórter de campo em uma rádio em Rio Preto, na década de 60. Depois, trabalhou na Rádio Bandeirantes e na TV Globo, cobrindo o campeonato de Fórmula 1, antes de migrar definitivamente para o futebol.
Nos anos 80, resolveu entrar para o mundo dos negócios e comprou a Traffic, empresa que fazia publicidade em pontos de ônibus. Em suas mãos, a agência começou a explorar a propaganda dentro dos gramados de futebol e se tornou a maior em marketing esportivo do país. Chegou, inclusive, a ser detentora dos direitos de exibição de importantes campeonatos de futebol no Brasil e na América do Sul.
Ainda no ramo empresarial, J. Hawilla fundou a TV TEM, que surgiu com a compra das afiliadas da Rede Globo em Sorocaba, Rio Preto e Bauru e com a criação da emissora em Itapetininga. Ele também era dono da rede de jornais Bom Dia, com presença em várias regiões do Estado de São Paulo, e do Diário de São Paulo. Além desses veículos, Hawilla ainda fundou a TV7, empresa responsável pela estrutura de transmissões esportivas e produção de programas, e criou Desportivo Brasil, em Porto Feliz (SP), time de futebol e centro de formação de jogadores.
Natural de São José do Rio Preto (SP), J. Hawilla deixa esposa, três filhos e seis netos. O velório iniciará às 15 horas, no cemitério Gethsêmani, em São Paulo, e o enterro será às 17h, no mesmo local.
Letícia Moreira/Folhapress/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário