Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Certificado de Responsabilidade Social

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

sexta-feira, 13 de julho de 2018

"CADEIA PRODUTIVA: Trabalho do GDR vai aumentar produção de leite em Mato Grosso, avalia ex-secretário "

A produção de leite e seus derivados em Mato Grosso pode ser melhorada após a implementação das medidas elencadas pelo Gabinete de Desenvolvimento Regional (GDR), que realizou um diagnóstico de toda cadeia produtiva do produto no estado. O projeto foi encaminhado para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), que será responsável em colocar o plano em prática. Ex-titular do GDR, Antônio Carlos Paz acredita que há espaço para melhorar a atuação do setor e torná-lo mais competitivo em relação ao mercado consumidor. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que Mato Grosso produziu 528 milhões de litros de leite no ano passado. Embora não haja nenhuma projeção do volume a ser produzido este ano, o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) prevê que os produtores deverão receber aproximadamente R$ 513 milhões pelo leite produzido.
Conforme Antônio Carlos, o trabalho do diagnóstico e projeto da cadeia do leite em Mato Grosso foi pensado para aumentar a produtividade e, consequentemente, a renda dos produtores de leite. “Na primeira parte, foram feitas visitas nos municípios produtores, onde foi possível conhecer a estrutura das cooperativas, os produtores, além de saber como ocorrem a logística e comercialização do leite e seus derivados”, explica.
Em um segundo momento, os servidores do GDR elaboraram um diagnóstico, com as informações obtidas nas visitas, para definir as estratégias de ação. Antônio Carlos pontua que foram levados em consideração aspectos como melhoria de pastagem, assistência técnica e logística e nutrição animal. “Nossa intenção é tornar os produtores mais competitivos e fazer com que, também na questão do leite, Mato Grosso esteja sempre entre os maiores produtores”.
Com a conclusão do projeto, o GDR encaminhou o material para a Sedec, responsável por implementar as melhorias na cadeia do leite, trabalho este que está em fase de análise por parte dos técnicos da pasta. “A missão do GDR é justamente esta, a de promover o desenvolvimento das diversas regiões de Mato Grosso, reduzindo assim as desigualdades que ainda existem”, finaliza Antônio Carlos, que em abril deste ano deixou a pasta para ser pré-candidato a deputado federal pelo Patriota.
ZF PRESS

Nenhum comentário:

Postar um comentário