Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Certificado de Responsabilidade Social

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

domingo, 2 de setembro de 2018

"ELEIÇÕES 2018: Fávaro afirma que investimentos não foram feitos por falta de representatividade política"

O candidato ao Senado, Carlos Fávaro (PSD) afirmou, durante evento em Sinop (500 km de Cuiabá), que regiões do estado deixaram de receber investimentos de infraestrutura logística por falta de uma representatividade política forte e atuante. Segundo ele, o fato de a região sul contar com a BR 163 duplicada e também com terminal ferroviário, comprova sua alegação. O discurso ocorreu durante o lançamento das candidaturas de Juarez Costa (deputado federal) e de Silvano Amaral e Dilmar Dal’Bosco (deputados estaduais), na noite desta sexta-feira (31.08).
“Nesse celeiro de produção que é o nosso estado, até agora nós não temos uma ferrovia no norte do estado, não temos a duplicação da BR 163, mas temos o pedágio para pagar. Isso demonstra a falta de representatividade política que atue em todo o estado. Eu quero ser o senador que trabalhe e busque recursos para a região sul, mas também para a região norte, noroeste, araguaia… Quero ser o senador para todos os mato-grossenses”, garantiu ele.
Fávaro enfatizou que o agente político tem o dever de trabalhar para todos, sem distinção. “Chega do político do ‘tapinha nas costas’, do discurso fácil, de agradar somente aos seus pares, de ser líder de um setor. No Senado, todos os estados têm a mesma representatividade e temos que trazer de volta as riquezas que Mato Grosso proporciona ao país. Sendo eleito, Mauro Mendes vai precisar de senadores e deputados federais para trazer recursos, pois, por pelo menos dois anos, terá que colocar as contas em dia, já que o orçamento do estado está totalmente comprometido”.
De acordo com ele, além de buscar recursos, por meio de emendas parlamentares e convênios, pretende atuar no Senado em reformas importantes para o país que precisam ser discutidas, como a política e a previdenciária. “Quero participar de forma ativa dessas questões e rediscutir o pacto federativo para acabar definitivamente com a situação de prefeito que têm que ir com ‘o pires na mão’ em Brasília pedir recursos para o seu município. Mas enquanto isso não acontece, temos que bater na porta dos Ministérios e ser combativo”, afirmou.
Em sua fala, o candidato a deputado estadual, Silvano Amaral, assegurou que Fávaro será um grande diferencial para Mato Grosso no Senado. “O período em que ele esteve à frente da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) os processos se tornaram mais ágeis, isso é fato. A economia das regiões norte e noroeste é bastante forte no setor de base florestal e depois da gestão do Fávaro, as coisas andaram, sentimos muita diferença. Acredito muito que será um excelente senador, tem serviços prestados e além de tudo, é um grande companheiro, um homem que gosta de gente”, disse.
Já o o candidato a deputado federal, o ex-prefeito de Sinop, Juarez Costa, ressaltou a importância de ter dois senadores da mesma chapa. “Temos tantas questões relevantes, que é fundamental que tenhamos senadores fortes e atuantes, como Fávaro e Jayme Campos. Tenho certeza que nos darão muito orgulho no Senado Federal”, disse ele.
O evento, que foi bastante prestigiado pela população, contou com a presença dos candidatos da chapa majoritária da Coligação ‘Pra mudar Mato Grosso’, Mauro Mendes (governo) e Jayme Campos (senado), além de prefeitos, vereadores, lideranças regionais e candidatos da coligação.
Da Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário