Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Certificado de Responsabilidade Social

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

terça-feira, 4 de setembro de 2018

"SAÚDE BUCAL: Carta aos presidenciáveis é discutida em Assembleia do Conselho Federal de Odontologia "

Durante a Assembleia Conjunta do Conselho Federal de Odontologia (CFO), que aconteceu em Palmas e reuniu os presidentes dos Conselhos Regionais de todo o país, foi discutida a elaboração de uma carta aos presidenciáveis com propostas que dizem respeito à política nacional de saúde bucal. Dentre as sugestões que partiram da classe odontológica aos possíveis sucessores à presidência, está a estagnação no número de cursos de odontologia oferecidos em território nacional e a avaliação e aperfeiçoamento da formação em nível superior. A ampliação do atendimento bucal nas unidades públicas de saúde também foi listada no documento.

“A reunião possibilitou a assinatura da ‘Carta de Palmas’, em que os Conselheiros federais e os Conselhos Regionais de Odontologia oficializaram algumas demandas aos presidenciáveis. O documento solicita o compromisso do próximo presidente do Brasil em levar essas propostas para frente”, comentou o presidente do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT), Luiz Evaristo Volpato.
Durante a Assembleia Conjunta, que aconteceu nos dias 30 e 31 de agosto, ainda foi explanado o atual contexto nacional de próteses e implantes. Em palestra apresentada por Livia Maria Almeida Coelho de Souza, Coordenadora Geral de Saúde Bucal do Ministério da Saúde, foi solicitado aos Conselhos Regionais que auxiliem na fiscalização de possíveis irregularidades nesses procedimentos.
“O Conselho mato-grossense prontamente atendeu a essa demanda. Será discutido, agora, de que forma vamos viabilizar essa prática conjunta entre as autarquias regionais e os órgãos de fiscalização”, concluiu Volpato.
ZF PRESS

Nenhum comentário:

Postar um comentário