Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Fale agora com a nossa equipe (61) 3035-8278

Fale agora com a nossa equipe (61) 3035-8278
Seguros com atendimento personalizado e vantagens que você só encontra aqui no SICOOB Credfaz

Conecte na ALMT

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

domingo, 23 de setembro de 2018

"Wellington recebe apoio da população e políticos da região Oeste"

Em visita a sete municípios da região Oeste, nesta sexta-feira (21), o candidato ao Governo do Estado, Wellington Fagundes (PR), recebeu apoio de prefeitos, vereadores e da população durante reuniões políticas e carreatas. A ‘Onda Verde’ passou por Vila Bela da Santíssima Trindade, Pontes e Lacerda, Mirassol D´Oeste, Curvelândia, Lambari D´Oeste, Rio Branco e Salto do Céu. De acordo com o vice-prefeito de Vila Bela da Santíssima Trindade, André Bringsken (MDB), Wellington Fagundes é o candidato que reúne as melhores condições de governar o Estado. “Tem muito serviço prestado em todo Mato Grosso. É municipalista, por isso conclamo toda a classe política a somar com esse projeto. O interior sempre ficou abandonado. Precisamos de um governador que olhe para nós, que tenha o interesse de que Mato Grosso desenvolva por inteiro”, afirmou.
Alcino Barcelos (PRB), prefeito de Pontes e Lacerda, lembrou o crescimento de Wellington Fagundes nas pesquisas de intenção de voto. “Nossa região disputa com o Araguaia o título de Vale dos Esquecidos, então, é importante a eleição do Wellington para tratar as pessoas como elas merecem, com respeito, carinho, dignidade e oportunidade”, avaliou.
Wellington também recebeu o apoio do prefeito de Salto do Céu, Wemerson Prata (PP) e do presidente da Câmara do município, Noé Monteiro de Bastos (PSD). “Ele defende os municípios, ampara as demandas dos prefeitos. É um importante parceiro da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM). Nesse momento, Mato Grosso precisa de um governador que olhe pelos municípios”, comentou Prata.
Morador de Pontes e Lacera, Sebastião Cordeiro ressalta o olhar sensível de Wellington. “Ele cuida das pessoas mais carentes. Como governador vai auxiliar os lares das crianças, dos idosos e das pessoas que mais precisam. Vai ser bom para a população”.
Em retribuição a todo esse carinho, o republicano destacou que as propostas de mudança para Mato Grosso incluem a participação dos municípios e o cuidado com as pessoas. Além disto, Wellington reforçou o compromisso de descentralizar e regularizar os repasses na saúde; promover regularização fundiária; fomentar a agricultura familiar e ampliar os investimentos em infraestrutura.
“Vamos ter um governo simples, com o pé no chão, com a participação da população e das entidades. Quero que o trabalho social seja realizado em conjunto com as igrejas, com as entidades filantrópicas”.
Em Vila Bela da Santíssima Trindade e Pontes e Lacerda, municípios que fazem divisa com a Bolívia, Wellington falou das propostas para a área de segurança pública. Entre algumas está a integração das forças policiais, fortalecendo a estrutura militar do Estado e agregando instituições federais como a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Exército Brasileiro. O candidato tem ainda um projeto de trabalhar em parceria com o Exército nas regiões de fronteira para abrir oportunidades de qualificação e trabalho para jovens.
AGENDA – Até o final do dia de hoje (22), o candidato, que lidera a maior frente de oposição ao atual governo, visita ainda as cidades de Jauru, Figueirópolis, Indiavaí, Araputanga e São José dos Quatro Marcos. A ‘Força da União’ é composta por dez partidos (PR, PMN, PROS, PC DO B, PODEMOS, PP, PT, PV, PRB e PTB) e tem Sirlei Theis como candidata à vice-governadora, além de Adilton Sachetti e Maria Lúcia Cavalli como candidatos ao Senado Federal.
Da Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário