Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Fale agora com a nossa equipe (61) 3035-8278

Fale agora com a nossa equipe (61) 3035-8278
Seguros com atendimento personalizado e vantagens que você só encontra aqui no SICOOB Credfaz

Conecte na ALMT

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

"Experiência Exitosa: Práticas Educacionais de Várzea Grande garantem a qualidade do ensino e aprendizagem, diz Ministério Público"

A prefeita Lucimar Sacre de Campos acompanhada do Procurador-Geral de Justiça de Mato Grosso, Mauro Curvo, Procurador de Justiça, Paulo Prado e o promotor da Vara da Infância e Juventude de Várzea Grande, José Mariano de Almeida Neto fizeram in loco visitas em projetos socioassistenciais e educacionais de inclusão social de jovens e adolescentes criados pelo município. No Caderno II as visitas se estenderam em todas as oficinas ofertadas a jovens de 12 à 17 anos, no contraturno escolar, além de participarem do almoço coletivo.
Nas unidades básicas de Educação, as visitas ocorreram também com as presenças do secretário municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis e equipes técnicas pedagógicas. As duas unidades educacionais visitadas são contempladas com o projeto Escola em Tempo Ampliado – ETA, sendo elas ‘Tenente Abílio da Silva Moraes’, localizada no bairro XV de Maio e ‘Maria Barbosa Martins', localizada no Distrito de Bom Sucesso, onde as autoridades vivenciaram um pouco da rotina dos alunos da Rede Pública.O procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo, destacou a importância de institucionalizar as boas práticas educacionais. “Oportunizar aos jovens práticas educacionais inclusivas e que sirvam para projeção de um futuro melhor e ensina opções de profissões, além de tirar esses jovens da rua, e ocupar o tempo com a aprendizagem. É isso que precisamos nas nossas escolas, criar uma relações de produtividade, de respeito, e ofertar um ensino de qualidade. É o que observo nesses projetos e programas do município de Várzea Grande, a institucionalização de uma boa prática pedagógica, que proporciona o tratamento igualitário, do respeito a dignidade da pessoa humana. Estamos visitando estes projetos para que possamos ter ideias e sugestões de projetos para colocarmos também em prática. O Papel Social do Ministério Público, com as políticas inclusivas, quer seja pelas varas da infância e adolescência, mulher, idoso, são fundamentais, na garantia dos direitos constitucionais. É muito gratificante ver in loco políticas públicas sociais que estão dando certo. Várzea Grande está de parabéns e com padrão de qualidade educacional elevado”, disse o procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo, destacando ainda que o Ministério Público não conseguiria ir muito longe e atingir o objetivo maior, que é levar conhecimento para esta e as futuras gerações sobre a importância da educação na vida de cada um. “Hoje o estudo é tudo para a vida futura e promissora de jovens e crianças”.Na EMEB “Tenente Abílio da Silva Moraes” conheceram as dependências da unidade que este ano completou 30 anos de funcionamento. Após visitarem todas as salas de aulas, os convidados foram saudados pelo aluno do 9º ano, Breno Marques, que recitou em forma de prosa um histórico sobre sua escola desde a criação até os dias de hoje, com o diferencial transformador após a implantação do Programa ETA na visão dos alunos. Em seguida assistiram a peça teatral ‘ Nossa, Eles Falam’, encenado pelos alunos do CAIC “Gonçalo Domingos de Campos”, espetáculo vencedor na categoria “Infantojuvenil”, da décima quinta edição do Festival Estudantil Temático Teatro para o Trânsito – FETRAN, promovido pela 2ª Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso (PRF/MT), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (SEDUC/MT) e Prefeituras Municipais. Na sequência, os alunos da EMEB “Tenente Abílio da Silva Moraes” apresentaram um número musical com os temas Ciclo da Vida, Natureza Viva e Resgate Cultural do Rasqueado.
No distrito de Bonsucesso, as autoridades foram visitar a EMEB “Professora Maria Barbosa Martins” escola contemplada com uma ampla reforma realizada pela Prefeitura Municipal este ano. As instalações foram visitadas pela comitiva que acompanharam um pouco dos trabalhos realizados pelos alunos em sala de aula. Verificaram a metodologia aplicada na horta e acompanharam a realização de pintura em muro da escola, além de prestigiarem a apresentação artística de dança regional com alunos do 8º e 9º ano.
Ao final da visita, o procurador-geral do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, Mauro Curvo, elogiou os trabalhos desenvolvidos nas escolas, cumprimentou alunos, técnicos e gestores e parabenizou a prefeita Lucimar Campos pela iniciativa da implementação do Programa ETA nas escolas de Várzea Grande. Para ele, a participação no programa estimula os estudantes ao conhecimento e a valorização de mestres e ambiente escolar, promovendo a cidadania e aprimorando seu aprendizado.
O secretário Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis explicou que a ampliação do tempo do aluno na escola tem sido entendida em nosso município como uma necessidade da atual conjuntura social e econômica em que vivemos, o que torna a escola, aos olhos da sociedade, uma instituição que precisa ampliar suas funções e tarefas, proporcionando às crianças e jovens da Educação Básica mais conhecimentos e outras atividades socioeducativas para além do ensino dos conteúdos escolares.
“Essa ampliação de funções e tarefas demanda mais tempo na escola e de escola, principalmente para as crianças e jovens das nossas escolas públicas, que muitas vezes não têm acesso a outra instituição formativa. Os pais têm encontrado dificuldades em cuidar, proteger e educar as crianças e jovens, e ocupar seu tempo. Por isso instituímos o ETA para ajudar estes jovens a ter um futuro melhor, e a escola cumprir também seu papel social”, explicou o secretário.
Fred Nogueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário