Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Conecte na ALMT

AJUDE ESTA CAUSA

AJUDE ESTA CAUSA
SANTA CASA DE CUIABÁ | (65) 3051-1946

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411-3500

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

"Ministério da Saúde não repassa Caderneta de Saúde da Criança e compromete atendimentos em Cuiabá"

Último posicionamento oficial do MS às Secretarias de Saúde aconteceu em julho e sem prazo para restabelecimento. A Coordenação-Geral de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde informou que o processo de licitação para a impressão da Caderneta de Saúde da Criança deste ano está tramitando e tão logo se conclua, a Caderneta será distribuída aos Estados. A informação foi emitida pelo órgão em 30/07/2018, às 18h08, conforme horário oficial de Brasília e, desde então, as secretarias estaduais e municipais de Saúde atuam com dificuldades e sem prazo para o recebimento das remessas deste ano.
Em Cuiabá, a falta de repasse das Cadernetas de Saúde da Criança por parte do Governo Federal está, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, causando transtornos e insatisfação à população, uma vez que a Caderneta é usada por equipes de saúde e familiares para, dentre outras funções, acompanhamento do calendário vacinal da criança do zero aos 12 anos.
“A população está preocupada porque o ciclo normal é que ao nascer à criança já saia da maternidade com a caderneta ou busque-a em uma Unidade Básica de Saúde para, por meio dela, acompanhar o calendário vacinal, evolução clínica e ciclo de crescimento. Entretanto, isso não tem ocorrido devido ao atraso por parte do Ministério da Saúde, culminado em transtornos e profunda insatisfação da população”, explicou a diretora da Atenção Básica, Miriam Naschenveng.
Para diminuir os impactos à população, a diretora ressalta que a gestão Emanuel Pinheiro vem desde o início do mandato, desenvolvendo diversas estratégias, dentre elas o uso de “folhas espelhos”.
“Com contrapartida própria, o município produziu um montante considerável que atendeu a população do início da gestão Emanuel até poucos meses atrás. Como o MS ainda não honrou seus prazos e, não possuímos orçamento aprovado para nova compra, estamos trabalhando com estratégias de ‘folha espelho’ (cópia do calendário vacinal da Caderneta) até que a distribuição seja restabelecida”, frisou.
PERÍODO DE MATRÍCULA
Outra estratégia definida entre a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Educação de Cuiabá é o aprazamento da exigência de apresentação da cópia do cartão vacinal no ato de matrículas escolares.
“A cópia do cartão de vacina é uma exigência das unidades escolares do município no ato da matrícula. Entretanto, recebemos da secretária adjunta de Educação, Edilene Machado, diversas situações de extravios do cartão. Para estes casos, a adjunta informou que a Educação aguardará até que a distribuição da Caderneta seja regularizada para só então exigir a entrega”, finalizou a diretora.
OZIANE RODRIGUES

Nenhum comentário:

Postar um comentário