Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

ANUNCIE AQUI!

ANUNCIE AQUI!
SUA EMPRESA COM MAIS VISIBILIDADE E VENDA

Certificado de Responsabilidade Social

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, nº 158 - Centro - CEP: 78005-906

ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

ABERT -  Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
SAF/SUL Qd 02 Bl D Sl 101 Ed.Via Esplanada (Atrás do Anexo do Ministério da Saúde) | Brasília - DF

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

"SINOP: CONTRA A INSTALAÇÃO DE RADARES!"

A imagem pode conter: 1 pessoaJoaninha quer saber valores arrecadados pelo Fundo Municipal de Trânsito e se Conselho participou de discussões sobre a locação de radares. Em requerimento apresentado na Sessão desta segunda-feira (29/10), o vereador Joaninha encaminhou uma série de questionamentos à Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos, cobrando informações a respeito do Pregão Presencial 63/2018, sobre a locação de equipamentos de fiscalização de trânsito. Joaninha quer saber se o assunto foi debatido entre os membros do Conselho Municipal de Trânsito e qual é o posicionamento dos conselheiros sobre o assunto. O vereador também está cobrando informações a respeito dos valores arrecadados pelo Fundo Municipal de Trânsito e a programação da pasta para a aplicação dos valores.
No documento é solicitada cópia de estudo que aponte a necessidade de instalação de radares, bem como a indicação dos locais onde se justifique a instalação; o motivo se optar por locação ao invés de aquisição dos equipamentos; cópias de atas das reuniões do Conselho; quantidade de multas aplicadas pelos agentes de trânsito em 2018; entre outros questionamentos.
O requerimento foi aprovado e encaminhado à Secretaria de Trânsito. O prazo para apresentar as respostas é de 15 dias.
Em tribuna, Joaninha criticou o processo de licitação para a locação de radares ao custo de R$ 9,9 milhões. “O nosso trânsito precisa sim de melhorias, mas com ações que não punam o cidadão e estejam focadas na educação para o trânsito e ações práticas e mais eficazes, como a instalação de semáforos, construção de faixas elevadas, melhorias das vias e sinalização, entre outras”, apontou.
Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário