O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.
O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

Multirão Fiscal de Várzea Grande

Multirão Fiscal de Várzea Grande
PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE - AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, 0800 647 41 42 - (65) 3688-8000

CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ

CÂMARA MUNICIPAL  DE CUIABÁ
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - Fone: (65) 3617-1500

Pantanal Shopping

Pantanal Shopping
Av. Historiador Rubens de Mendonça (Av. CPA), 3300

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

"AGRONEGÓCIO: Nova fronteira do agronegócio, Pontes e Lacerda favorece integração pecuária-lavoura "

Com a participação de políticos, produtores rurais, empresários da indústria, comércio, instituições bancárias e representantes das principais entidades de Mato Grosso, o Sindicato Rural de Pontes e Lacerda (a 450 km de Cuiabá) lançou, na noite desta quarta-feira (30), a Oeste Rural Show. A feira de negócios e tecnologia vai acontecer entre 16 e 18 de maio, e pretende levar conhecimento e inovações do agronegócio para a região Oeste, considerada a nova fronteira agrícola. Durante o evento de lançamento, grande parte dos presentes destacou – como ponto favorável para os municípios que integram o Vale do Guaporé – a possibilidade de integração entre a pecuária e a lavoura.
Atualmente, o Vale do Guaporé tem um dos maiores rebanhos bovinos do país. No entanto, ao longo dos anos, uma série de fatores possibilitou o avanço da cultura de grãos, sobretudo da soja, fazendo com que hoje tenha cerca de 100 mil hectares de lavoura na região.
“Nosso propósito é alavancar toda a região. Sabemos que a nossa região é muito focada, que os produtores são muito bons no que fazem e a tendência é termos uma quantidade ainda maior de produtos e área plantada. A feira terá justamente este papel, de trazer gente de fora, novas empresas”, afirmou o presidente do Sindicato Rural de Pontes e Lacerda, Nilmar Miotto. O Sindicato Rural de Pontes e Lacerda é o realizador da Oeste Rural Show.
Diretor regional Oeste da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Túlio Roncalli, destacou o potencial da região e a importância da integração entre pecuária e agricultura para o sucesso do evento. “Desde o início tínhamos este sonho, de fazer uma feira do agronegócio, porque este é o futuro do Vale do Guaporé e é uma missão do nosso sindicato. É um sonho que está se realizando poder, enquanto sindicato, ajudar a pecuária e a agricultura da nossa região”. A Acrimat será uma das patrocinadoras do evento.
O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Barcelos, salientou que o município, a mais nova fronteira agrícola de Mato Grosso, pode ampliar sua participação no agronegócio com investimentos em logística e que isso será possível com o aumento da produção em toda região. “Nosso PIB per capta é um dos que mais cresceu nos últimos quatro anos. Somos uma das últimas fronteiras agrícolas do Estado e um dos desafios a serem enfrentados é a logística. Queremos fazer de Pontes e Lacerda o grande polo agrícola que ela pode ser”.
Presidente da Federação da Agricultura de Mato Grosso (Famato), Normando Corral, classificou o momento como uma virada de página na história do Vale do Guaporé. “Esta é uma região importante, sempre dedicada à pecuária, mas hoje é uma nova fronteira, com o diferencial da integração lavoura-pecuária. Vamos continuar trabalhando a vocação de Mato Grosso que é o agronegócio e estamos preparados para produzir mais alimentos. Aqui antes era o fim da linha, agora é o começo dela com o escoamento pelo Rio Madeira”, alertou Corral sobre a preocupação com a logística para escoação, na região.
O avanço da agricultura por meio da Bolsa de Arrendamento de Terras, iniciativa encampada pelo Sindicato Rural de Pontes e Lacerda, foi lembrado pelo vereador Ivanildo Amaral durante o evento. “A Bolsa de Arrendamento já trará para o plantio este ano só em Pontes e Lacerda 115 mil hectares e isso por si só já muda nosso perfil econômico. Esta feira é o grande divisor de águas e sistematiza todo o potencial produtivo que o Estado tem e passa a estar à disposição dos produtores da região”.
Programação – Durante o lançamento, Aline Pelozo e Paula Scanagatta, diretoras da Up Eventos, empresa organizadora da feira, apresentaram a programação do evento, que será realizado entre os dias 16 e 18 de maio, no Parque de Exposições da cidade. Entre os temas a serem abordados estão perspectivas econômicas do agronegócio, integração lavoura pecuária e políticas públicas voltadas ao desenvolvimento da região.
O evento irá reunir produtores rurais, profissionais e acadêmicos do segmento para proporcionar um espaço para intercâmbio de ideias e experiências sobre os assuntos que afetam o mercado agrícola e pecuário.
ZF PRESS
Fotos: Charles Fonseca Torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos