Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT

Conecte na ALMT

Se inscreva no site www.omatogrosso.com e responda a pergunta: QUAL A TV QUE VOCÊ SE VÊ?

Se inscreva no site www.omatogrosso.com e responda a pergunta: QUAL A TV QUE VOCÊ SE VÊ?
O sorteio será dia 05.03.2019 Boa sorte

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

"Vice da Comissão de Infraestrutura, Wellington diz que priorizará a FICO"

Nesta 56ª Legislatura, o senador de Mato Grosso também participará como titular de outras seis comissões temáticas do Senado Federal. Presidente da Frente Parlamentar Mista de Logística, Transporte e Armazenagem (Frenlog), o senador Wellington Fagundes (PR-MT) foi escolhido para ocupar o cargo de vice-presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado, uma das mais importantes do Legislativo. O presidente será o senador Marcos Rogério (DEM-RO). Na reunião nesta quarta-feira, 13, Fagundes reafirmou o compromisso com o desenvolvimento logístico nacional e disse que vai priorizar em Mato Grosso a implantação da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO).
Em seu breve pronunciamento na sessão de instalação e posse, Wellington destacou que o Brasil carece de altos investimentos em infraestrutura. O parlamentar lembrou ainda que o maior custo Brasil é devido a qualidade de logística e defendeu a intermodalidade, avançando no desenvolvimento dos modais de transporte ferroviário e aquaviário.
“Precisamos fazer com que o custo seja menor para aqueles que estão no interior produzindo e que tem alta capacidade de produção, uma alta produtividade, competindo com países de maior tecnologia aplicada do mundo, mas quando precisa chegar com seus produtos nos portos, o lucro às vezes já foi” – enfatizou.
Fagundes fez a defesa do desenvolvimento portuário brasileiro a partir dos portos localizados no Pará, Rondônia, Amazonas e também no Maranhão, que integra com a Ferrovia Norte Sul, o chamado “Arco Norte da Logística”. Nesse sentido, voltou a defender a implantação da FICO, cujos primeiros 400 quilômetros estão comprometidos com a renovação antecipada das concessões das ferrovias Vitória-Minas e da Estrada de Ferro Carajás, cujo processo foi suspenso em função da tragédia em Brumadinho.
Com 383 km de extensão, o trecho da Ferrovia de Integração Centro-Oeste - que começa na Ferrovia Norte-Sul em Campinorte/GO e vai até Água Boa/MT - escoará a produção de grãos (soja e milho) daquela região, uma das maiores produtoras de soja do Brasil, em direção aos principais portos do país.
OUTRAS COMISSÕES – Além da Comissão de Serviços de Infraestrutura, Fagundes foi indicado para participar como membro titular da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), Comissão de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCT), Comissão de Educação, Cultura e Esportes (CE), Comissão de Meio Ambiente (CMA) e Comissão Senado do Futuro (CSF). Como suplente, atuará nas comissões de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) e de Constituição e Justiça (CCJ).
Wellington cumpriu seis mandatos como deputado federal, de 1991 a 2014, antes de se tornar senador. É líder do Bloco Parlamentar Vanguarda, foi vice-líder do governo no Senado e líder do PR. Presidiu a Comissão Senado do Futuro e coordena a Frente Parlamentar de Logística de Transportes e Armazenagem. Além de ter sido relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2017, Wellington Fagundes também participa dos grupos parlamentares do Brasil com a Argentina, a China, a Coréia do Norte e a Irlanda.
Da assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário