Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT

Trabalhando e Cuidando da Gente

Tribunal de Contas de Mato Grosso

Tribunal de Contas de Mato Grosso
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo

terça-feira, 12 de março de 2019

CPI: “O bom empresário não precisa se preocupar com CPI ”, diz Janaina após instalação de Comissão Parlamentar e Inquérito"

Um exemplo de prejuízo por sonegação fiscal, segundo a deputada, trata-se do setor atacadista. Após sessão de instalação da comissão parlamentar de inquérito que investigará a sonegação e os incentivos fiscais em Mato Grosso, a vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputada Janaina Riva (MDB), afirmou que não se trata de uma caça às bruxas e nem de atrapalhar a economia do estado, mas sim de ressarcimento aos cofres públicos em um momento em que o estado precisa de dinheiro. “Eu mesma já fui procurada por vários empresários trazendo denúncias de outros empresários que sonegam impostos em Mato Grosso. Acho que o bom empresário tem muito interesse que a CPI tenha sucesso justamente porque ele está em desvantagem com relação ao mau empresário. Grande parte das documentações que recebemos vem de empresários que estão preocupados porque hoje muitos deles acabam fechando as portas justamente por conta da sonegação”, explicou.
Um exemplo de prejuízo por sonegação fiscal, segundo a deputada, trata-se do setor atacadista. “Um dos empresários trouxe para mim uma documentação robusta de uma empresa que é de fora do estado e que traz milhões e milhões pra dentro do estado sonegando impostos e vendendo a preços que são impossíveis de concorrer. O deputado Dilmar Dalbosco externou preocupação com o fato de a CPI de repente atrapalhar a atração de empresas, porém eu acredito que ele deveria se preocupar com o oposto que são os empresários ruins. A meu ver, o empresário ruim não é interessante nem pra Mato Grosso, nem pra população pois sua produção é predatória. Sabemos que existem muitos nesse perfil que só usam oque temos no estado e não deixam nada para o nosso povo, então a nossa preocupação é essa”, diz.
Para Janaina, os trabalhos têm que ser sérios e criteriosos para que pecha de que tudo acaba em pizza na Assembleia Legislativa seja quebrada. Para isso, segundo ela, a primeira medida será convocar Ministério Público Federal (MPF), a Polícia Federa (PF), o Tribunal de Justiça, a Casa Civil e o Ministério Público Estadual para que digam oque fizeram com os outros 2 relatórios das CPIs anteriores realizadas pela Assembleia com o mesmo tema.
LAURA PETRAGLIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos