O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.
O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

MAIO AMARELO

Trabalhando e Cuidando da Gente

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Rua Gomes de Carvalho, 1306 - 15º andar - São Paulo - SP

sábado, 13 de abril de 2019

"Câmara Municipal de Várzea Grande deve solicitar que UCMMAT repudie secretário de Ordem Pública de Cuiabá"

A Câmara Municipal de Várzea Grande deve enviar um documento para a União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT) para que faça um repúdio contra o secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Coronel Leovaldo Emanoel Sales da Silva por impedir a fiscalização dos parlamentares, que receberam uma denúncia de falta de insumos básicos no Pronto Socorro da Capital. O pedido foi feito pelo parlamentar Rogério França Martins – Rogerinho da Dakar (PV) e acatado pelo presidente Fábio José Tardin – Fabinho (DEM). Conforme Rogerinho, o Secretário de Ordem Pública desrespeitou o trabalho dos vereadores Diego Guimarães (PP), Abílio Júnior (PSC), Dilemário Alencar (PROS), Felipe Wellaton (PV) e Marcelo Bussiki (PSB). “Confesso a vocês que é meu primeiro mandato, mas me senti triste e indignado vendo as imagens. Pelo vídeo, dá para ver autoritarismo de um ex-coronel e isto é inadmissível. Onde vamos parar? O Poder Legislativo não tem autonomia de fazer o seu papel, que é fiscalizar o Executivo. Se continuar deste jeito, para que serve o parlamento? Peço aqui presidente, que enviemos um documento para a UCCMAT solicitando que seja feito um repúdio contra o secretário de Ordem Pública”, pede Rogerinho.
Outro parlamentar, que também mostrou sua indignação foi Ivan dos Santos (PRB). Segundo ele, a oposição normalmente sofre uma ‘perseguição’. “Este puxa-saco que empurrou o vereador Wellaton, teve sua resposta pelo vereador Dilemário que disse, por que você não me empurrou? Os vereadores estavam fiscalizando a falta de luvas, analgésicos, insumos básicos em qualquer unidade de saúde. Este rapaz empurrou um vereador, o que aconteceu em Cuiabá foi um absurdo”, declara Ivan.
O vereador Cleyton Nassarden Guerra - Sardinha (PTB), disse que os policiais militares, que estiveram acompanhando o secretário de Ordem Pública deveriam ter mais ‘pulso’. “O policial militar ativo tem mais fé pública do que um coronel de reserva, se estavam acusando os parlamentares de fazer bagunça, a PM deveria retirar o secretário também por fazer tumulto”, destaca Sardinha.
José Wallison

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos