Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT

Trabalhando e Cuidando da Gente

Tribunal de Contas de Mato Grosso

Tribunal de Contas de Mato Grosso
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo

quarta-feira, 24 de abril de 2019

"SAÚDE: Rondonópolis aguarda repasse financeiro do governo para atender área da saúde "

Secretária de Saúde de Rondonópolis, Izalba Diva de Albuquerque, esclarece o cenário da rede municipal de saúde ao deputado estadual Delegado Claudinei (PSL)O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) se reuniu com a secretária de Saúde de Rondonópolis (217 km de distância de Cuiabá), Izalba Diva de Albuquerque, na segunda-feira (22), para obter informações sobre os trabalhos desenvolvidos pela gestão municipal . Um dos assuntos que despertou a atenção do parlamentar foi sobre a entidade pública utilizar cerca de 30% dos recursos próprios para investir na saúde, por conta do atraso no repasse financeiro feito pelo governo do estado, que perdura desde 2013 .
O valor total de atraso do repasse estadual para o município é de aproximadamente R$ 24,8 milhões. Izalba explica que o governo anterior, em 2018, quitou apenas o atraso do repasse do ano de 2017. Ela acrescenta que os recursos dos outros anos foram feitos esporadicamente, não de forma contínua – por atender situações específicas. “O deputado se colocou à disposição e nós temos a necessidade e esperança de receber este recurso. É preciso reformar a rede municipal de saúde e comprar equipamentos novos”, pontua a secretária de saúde. Diante do exposto, o Delegado Claudinei irá pedir uma agenda ao secretário de Estado de Saúde, Giberto Figueredo, para verificar a previsão para regularizar os repasses atrasados. “A secretária de saúde (de Rondonópolis) informou que além dos repasses atrasados desde 2013 de outras gestões estaduais, na gestão atual também não houve liberação de recursos. Vamos conversar, formalizar e oficializar este pedido para solucionarmos o quanto antes”, explica o parlamentar. Cenário – Mesmo sem o repasse financeiro do governo estadual, IzaldaAlbuquerque esplica que moradores de cidades vizinhas buscam os serviços de saúde oferecidos em Rondonópolis, que é considerado município pólo da região sul. Ela enfatiza que na gestão do prefeito, José Carlos do Pátio (Solidariedade), houveram grandes avanços no setor. “Tínhamos filas enormes para exames, cirurgias e consultas. Hoje, estamos com os exames quase todos zerados. Começamos a fazer cirurgia cardíaca, cateterismo, angioplastia, ressonância e tomografia no município. Conseguimos iniciar as obras dos Programas de Saúde da Família (PSF) e adquirimos 40 veículos. Eu acredito que nós evoluímos muito. É claro que se nós já tivermos este aporte financeiro do Estado, poderíamos fazer mais”, destaca. Reformas– A população rondonopolitana está sendo beneficiada com 13 obras do Programa de Saúde da Família (PSF) que contará com 15 equipes. Os bairros beneficiados com unidades simples são Jardim Bispo Pedro Casaldáliga, André Maggi, Padre Miguel, Parque das Águas, Verde Teto, Jardim Morumbi, Oasis, Palmeiras, Marechal Rondon e Dom Osório. Já as unidades duplas que contarão com uma estrutura maior e com um número maior de profissionais serão instaladas nos bairros Matias Neves e Alfredo de Castro. O deputado ficou impressionado com o trabalho desenvolvido na área da saúde no município. “Tenho que parabenizar o prefeito e a secretária de saúde que realmente estão fazendo um trabalho diferenciado. A inauguração dos PSF´s que estão em fase de construção, vão praticamente atender em 100% os bairros do município e, quem sabe, estes resultados não garantam mais recursos com o Ministério da Saúde”, salienta Claudinei. Durante a reunião com o parlamentar, a secretária de saúde contou sobre a pretensão da gestão municipal em realizar a reforma e ampliação de todas as unidades da zona rural e fazer a aquisição de novos móveis e climatizadores. Ela pontuou que a Secretaria de Saúde irá receber quatro novas ambulâncias para atender ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e receberá também uma doação feita pelo Ministério da Saúde, nos próximos dias. Conforme a gestora o número de leitos no Hospital Municipal Doutor Antônio Santos Muniz passará de 23 para 50. O hospital é uma unidade de saúde de pequeno porte e que só realiza internações.
Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos