Águas Cuiabá - Iguá Saneamento

Águas Cuiabá - Iguá Saneamento
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé - CEP 78050-667 - Cuiabá-MT • Telefones: 0800 646 6115

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT

Trabalhando e Cuidando da Gente

Tribunal de Contas de Mato Grosso

Tribunal de Contas de Mato Grosso
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo

quarta-feira, 10 de abril de 2019

"Wellington pede a Jair Bolsonaro edição de Medida Provisória para instalação da UFR"

Durante encontro, líderes anunciaram que darão apoio crítico ao projeto de Reforma da Previdência.O senador Wellington Fagundes (PR-MT), líder do Bloco Parlamentar Vanguarda, pediu ao presidente, Jair Bolsonaro, a edição urgente de Medida Provisória destinada a criação dos cargos de reitor e pró-reitor para a Universidade Federal de Rondonópolis. Foi durante audiência nesta terça-feira, 09, no Palácio do Planalto. A medida também beneficiará a as chamadas ‘novíssimas universidades’ de Catalão e Jataí, em Goiás; Delta do Parnaíba, no Piauí; e, Garanhuns, em Pernambuco. Criadas no ano passado, a implantação dessas universidades depende apenas, cada uma, da criação dos dois cargos. A partir disso, o Ministério da Educação passa a ter condições de nomear os chamados ‘reitores pro tempore’, a quem caberá dar os encaminhamentos de instalação das unidades de ensino superior. “É uma oportunidade que o Governo tem de mostrar o modelo de universidade que deseja implantar” – frisou o republicano.
O pedido de Fagundes se deu dentro do diálogo mantido por Bolsonaro com os líderes do PR para tratar da reforma da Previdência. O republicano informou que ainda nesta semana – ou no mais tardar na próxima – deverá se reunir com o novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, que tomou posse, na tarde de hoje, no lugar do filósofo Ricardo Velez Rodrigues.
a aprovação do Projeto de Lei Complementar 511/2018, aprovado pela Comissão Especial Mista do Congresso Nacional e que se encontra aguardando votação na Câmara dos Deputados. Relator da matéria, Wellington reafirmou ao presidente a importância de garantir senador.
Outro tema tratado na reunião, foi o apoio do Governo a aprovação do Projeto de Lei Complementar 511/2018, aprovado pela Comissão Especial Mista do Congresso Nacional e que se encontra aguardando votação na Câmara dos Deputados. Relator da matéria, Wellington reafirmou ao presidente a importância de garantir justa compensação aos Estados e municípios que participam do ‘esforço de exportação’, por meio da desoneração de produtos primários e semi-elaborados destinados ao mercado internacional. O projeto prevê uma compensação anual de R$ 39 bilhões.
REFORMA DA PREVIDÊNCIA – Após a reunião com o presidente Bolsonaro, o PR decidiu manter posição de independência em relação ao Governo, e anunciou que vai apoiar a reforma da Previdência com restrições. O comunicado foi feito pelo ex-ministro Alfredo Nascimento, presidente da sigla. Segundo Nascimento, o presidente pediu "ajuda" para aprovar a reforma e o partido vai ajudar, mas sem apoio formal. "Vamos votar com o governo, mas não vamos fechar questão" – disse. O PR possui 39 deputados na Câmara e é considerado um partido relevante para garantir a aprovação do texto.
Wellington Fagundes informou que há três pontos que os republicanos exigem mudanças. A primeira diz respeito ao Benefício da Prestação Continuada, a BPC. Outro item diz respeito a aposentadoria dos professores e, por fim, a questão da aposentaria rural.
Da assessoria
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos