O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.
O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

MAIO AMARELO

Trabalhando e Cuidando da Gente

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Rua Gomes de Carvalho, 1306 - 15º andar - São Paulo - SP

terça-feira, 7 de maio de 2019

"Delegado Claudinei participa de visita técnica em Unidades de Saúde de Rondonópolis"

A Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da ALMT realizou vistoria para averiguar a situação crítica dos hospitais de Rondonópolis.O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) teve o pedido atendido pela Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), nesta segunda-feira (6), para acompanhar as dificuldades enfrentadas pelo Hospital Regional e a Santa Casa de Rondonópolis. Juntamente com o deputado Thiago Silva (MDB), o parlamentar apontou a situação crítica e a necessidade de uma atenção especial para que a população não seja prejudicada pela falta de prestação na área da saúde.
O Hospital Regional de Rondonópolis atende pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para casos de urgências e emergências e abrange 19 municípios por meio da Central Estadual de Regulação Interna. “Hoje, realizamos a visita técnica no Regional de Rondonópolis que permitiu a Comissão de Saúde da ALMT e o Secretário de Estado de Saúde tivessem a percepção da situação das instalações da Unidade de Saúde que conta com 136 leitos. Uma informação relevante, é que após o novo governo ter assumido a gestão hospitalar da instituição, já tem uma estimativa de economia equivalente a R$ 1,5 milhões que é um ganho que pode ser revertido em procedimentos aos usuários. Infelizmente, deparamos com estruturas físicas inacabadas e outras prontas que não constam equipamentos e materiais para atender os pacientes”, explica Delegado Claudinei.
O secretário de Estado de Saúde (SES-MT), Gilberto Figueiredo, pontua que o salário dos servidores públicos do Estado está sendo pago igualmente para outros municípios e que continua fracionado. Em relação a paralisação ocorrida dos cirurgiões pediátricos no Regional, ele explica que realizou a articulação junto aos médicos que retomaram os atendimentos – sendo que reclamavam da falta de pagamento de agosto de 2018 que é uma dívida da antiga gestão hospitalar, feita por uma Organização Social. “É importante os nossos parlamentares estarem a par da saúde de nosso Estado. Eles cumprem uma rotina de visitas em todos os hospitais regionais para nós, para que possam conhecer in loco as dificuldades que nós temos na saúde. E quando se fala em saúde não existe coloração partidária. O partido que vigora é o partido da saúde. Nós temos a ampla e o total apoio de todos os deputados”, salienta o gestor público.
De acordo com o presidente da Comissão, deputado Paulo Araújo (PP), foi feito um cronograma de visitas e Rondonópolis passou a ser um assunto prioritário com os aspectos apresentados pelas lideranças políticas. “Agradeço os deputados que pediram que incluíssemos o município de forma prioritária nas ações da comissão de Saúde. O que temos da atual gestão é um comprometimento com repasse regular dos recursos financeiros. E isso é extremamente importante, para um planejamento que é complexo por ser uma unidade hospitalar”, explica.
Para Claudinei a situação da Santa Casa é preocupante devido o déficit gerado pela gestão anterior e avalia que é preciso ter um olhar diferenciado para essa Unidade que é referência na região por atender casos de média e alta complexidade e que trouxe grandes avanços nos últimos anos, com a implantação da Unidade Intensiva de Terapia (UTI) e o Bloco Cirúrgico com sete salas. “Apesar das reduções de custos de forma estratégica, infelizmente, existe uma dívida de R$ 20 milhões que foram acumuladas há anos atrás. O dinheiro que o Estado deve à Santa Casa não paga a dívida. A saída que os gestores dos hospitais encontraram foi o uso de créditos. É preciso implantar emendas parlamentares para contribuir e solucionar essa problemática do município”, propõe o parlamentar.
A Santa Casa de Rondonópolis foi fundada desde 1971 e, atualmente, conta com 246 leitos e oferece serviços de atendimento adulto e infantil, realiza diversificados tipos de cirurgias e serviços de diagnóstico (raio-x, tomografia e ultrassonografia) . Diante da crise econômica, na busca de meios para solucionar as dívidas existentes na Unidade Hospitalar, a gestão atual traçou uma meta para o ano de 2019, com um plano de redução do déficit projetada de R$ 5,8 milhões, sendo que até o mês de março deste ano - já houve uma economia de R$ 2,8 milhões. No entanto, a instituição necessita de investimentos de aproximadamente R$ 650 mil para aquisição de roupas, instrumentos e treinamentos para os profissionais.
Estiveram presentes também os deputados estaduais Dr. Eugênio (PSB), Dr. João (MBD), Dr. Gimenez (PV), Nininho (PSD), Lúdio Cabral (PT), secretária municipal de saúde, Izalba Albuquerque, entre outras autoridades.
SAMANTHA DOS ANJOS/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos