O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.
O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

MAIO AMARELO

Trabalhando e Cuidando da Gente

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Rua Gomes de Carvalho, 1306 - 15º andar - São Paulo - SP

terça-feira, 9 de julho de 2019

"CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO: Unemat e Governo do Estado vão desenvolver Trilha da Inovação de Cáceres"

A Universidade do Estado de Mato Grosso vai ser a instituição responsável por conduzir o Planejamento do Ecossistema e Trilha da Inovação de Cáceres, em parceria com Governo do Estado, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado e Mato Grosso (Fapemat) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec). O projeto foi apresentado pela Fapemat ao Governador Mauro Mendes, nessa segunda-feira (08/07), no Centro Político Administrativo, em Cuiabá. A Trilha de Inovação tem por objetivo levantar informações sobre Ecossistemas de Inovação, considerando os atores locais, a vocação do município (setores já instalados), potencial (áreas portadoras de futuro), tendências de políticas e tecnologias. Ao final do projeto, será traçado um plano de desenvolvimento de Cáceres, tendo por base a Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I).
O Governador Mauro Mendes afirmou que a perspectiva é que o projeto contribua para delinear um novo modelo de desenvolvimento sustentável que promova o crescimento e, principalmente, geração de renda. “Nós apesentamos não só um desafio à Unemat e Fapemat e outros atores do Governo do Estado, de criarmos um programa focado em resultado para que, nos próximos meses e anos, possamos implementar ações que promovam verdadeiramente o desenvolvimento da grande Região Oeste do Estado de Mato Grosso”, declarou.
A vice-reitora da Unemat, Nilce Maria, frisou que a universidade já desenvolve pesquisas aplicadas em diversas áreas do conhecimento. “Precisamos pensar, juntamente com o Estado, em diretrizes e ações conjuntas para que aquilo que a Unemat produz, em termos de ciência e tecnologia, possa contribuir diretamente para resolver ou minimizar questões do Estado”.
A previsão é que o projeto piloto, em Cáceres, seja realizado em seis meses, com início na segunda quinzena de agosto. Inicialmente, os professores da Unemat vão desenvolver um wokshop, juntamente com a Fapemat, para levantar demandas e tecnologias necessárias. “É uma ação conjunta de várias diretrizes para que a região tenha melhores condições de desenvolver econômica e socialmente”, disse Nilce Maria.
Etapas da Trilha da Inovação:
A primeira etapa consiste no mapeamento inicial de mecanismos e atores do ecossistema local, a vocação econômica, potencial, tendências de políticas e tecnologia. Nesta etapa será possível identificar o grau de maturidade e o nível de interação entre eles. Em seguida, será utilizada a ferramenta do radar de inovação par a definição das estratégias mais eficazes para o fortalecimento do Ecossistema de Inovação instalado. E, posteriormente, será realizada uma validação do estágio atual de cada vertente e a posição futura desejada para o ecossistema de inovação para os próximos 10 anos.
Em cada fase da trilha serão analisados os mecanismos e programas já existentes no ecossistema local, os atores envolvidos e mecanismos que integram a trilha. “Buscamos uma metodologia nova, que chamamos de Ecossistema, que consiste em trazer todos os atores do desenvolvimento, fazer um diagnóstico deles, a maturidade do desenvolvimento para, depois, apresentar um projeto de viabilidade”, explicou o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado e Mato Grosso (Fapemat), Adriano Silva.
O plano de ações será construído de forma participativa, com todos os atores locais, e resultará na apresentação de um documento consolidado com a visão estratégica do ecossistema, diretrizes, macro ações, programas, projetos estruturantes para o ecossistema de inovação de Cáceres.
“Com esse projeto, o Governo vai ter uma assertiva de como fazer investimento, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, para fomentar a economia e, consequentemente, melhorar a vida dos mato-grossenses”, disse Adriano Silva.
Participaram da reunião, além dos citados, os pró-reitores de Ensino de Graduação (Proeg), Alexandre Porto, de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), Anderson Miranda, de Extensão e Cultura (Proec), Leonarda Grillo Neves e de Administração (Prad), Tony Hirota, o Assessor de Assuntos Internos, Dionei Jose da Silva, e de Assuntos Externos, Francisco Lledo.
Realização: Governo de Mato Grosso, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado e Mato Grosso (Fapemat) e Universidade doestado de Mato Grosso.
Danielle Tavares/Caminho Político
Foto por: Moisés Bandeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos