O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.
O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

MAIO AMARELO

Trabalhando e Cuidando da Gente

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Rua Gomes de Carvalho, 1306 - 15º andar - São Paulo - SP

domingo, 14 de julho de 2019

"Entidades jornalísticas desenvolvem indicadores de confiança para distribuição algorítmica de conteúdo online'

Um conjunto de indicadores de confiança do trabalho jornalístico para tempos de distribuição algorítmica de conteúdo online. Assim pode ser definida a Journalism Trust Initiative (JTI), ou Iniciativa de Jornalismo Confiável, que vem sendo desenvolvida desde 2018 pela Repórteres Sem Fronteiras (RSF), que atua na defesa e promoção da liberdade de informação, em parceria com a AFP (Agence France-Presse), a EBU (aliança de mídia de serviço público) e a GEN (associação internacional de editores-chefe). “Não é complicado definir os princípios básicos de jornalismo. Muitos códigos de ética existem desde que o jornalismo existe. O grande problema é a distribuição algorítmica do conteúdo online, porque amplifica tudo o que contraria essas normas profissionais, como sensacionalismo, rumores, falsidades e ódio. Portanto, as melhores práticas existentes do comércio jornalístico precisam ser aplicadas ao código da Internet. A JTI é o elo perdido entre princípios e métodos jornalísticos, de um lado, e algoritmos do outro”, sintetiza Christophe Deloire, secretário geral da Repórteres sem Fronteiras (RSF).
No início de julho foi lançada uma consulta pública sobre a JTI. Ela será realizada por três meses para contribuir com a elaboração das normas finais. A consulta pública também tem o intuito de estimular a conformidade de meios de comunicação, grandes e pequenos, com os indicadores de confiança do trabalho jornalístico, que incluem o uso de fontes confiáveis de informação e conduta ética e transparente dos jornalistas. A consulta pública será feita tendo como base material elaborado por 120 especialistas.
A versão preliminar da JTI está disponível para download no site do Comitê Europeu de Normalização (CEN). Ela contempla indicadores de transparência, profissionalismo e conduta ética. O documento também fornece um questionário e uma lista de verificação, a fim de informar a distribuição algorítmica de notícias.
Especialistas e público em geral podem dar opiniões e elaborar propostas específicas de emendas a cada uma das 16 cláusulas da JTI. Os meios para fornecer feedback incluem um formulário de comentários já disponível no site do CEN e um endereço de e-mail dedicado jti@rsf.org. Além disso, uma ferramenta online interativa será desenvolvida. Todos os comentários recebidos serão avaliados pelos comitês de redação da JTI e depois incorporados a uma revisão final.
Após a publicação final do documento da JTI no início de 2020, ele será disponibilizado a todos os tipos de meios de comunicação para autoavaliação e auditoria adicional opcional, a chamada avaliação de conformidade. Os conjuntos de dados resultantes devem informar melhor a tomada de decisões sobre distribuição e consumo de notícias, tanto por humanos quanto por algoritmos, mas também de gastos com publicidade..
Redação IMPRENSA/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos