O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.
O Grupo São Benedito é uma das maiores construtoras da região Centro-Oeste.

MAIO AMARELO

Trabalhando e Cuidando da Gente

Iguá Saneamento

Iguá Saneamento
Rua Gomes de Carvalho, 1306 - 15º andar - São Paulo - SP

sexta-feira, 5 de julho de 2019

"Vacinação contra aftosa alcançou 99,7% do rebanho de Mato Grosso"

Nessa etapa é obrigatória a vacinação de bovinos e bubalinos de todas as idades, “mamando a caducando”, exceto a microrregião do Baixo Pantanal Mato-grossense. Em maio de 2019 foram vacinados contra febre aftosa em Mato Grosso um total de 29.796.789 de bovinos e bubalinos, quantidade correspondente a 99,73% do rebanho a ser vacinado no Estado (29.878.076). Nessa etapa é obrigatória a vacinação de bovinos e bubalinos de todas as idades, “mamando a caducando”, exceto a microrregião do Baixo Pantanal Mato-grossense. A baixa inadimplência é resultado do trabalho de divulgação, educação sanitária, fiscalização e fundamental apoio dos produtores rurais. A população de bovinos e bubalinos existentes no estado de Mato Grosso alcançou 30 milhões cabeças neste ano. Desde 2005 as etapas têm alcançado índices de vacinação superiores a 99% de imunização em todas as regiões.
Durante o período da etapa de vacinação, o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (INDEA/MT) fiscalizou 2471 estabelecimentos rurais, o que corresponde a 2.6% dos estabelecimentos existentes no estado de Mato Grosso.
O Indea e o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) são os órgãos oficiais responsáveis pela regulamentação, divulgação, educação sanitária, controle e fiscalização da vacinação, cabendo ao produtor arcar com a aquisição e aplicação da vacina. Há ainda uma parceria com entidades ligadas ao setor pecuário como a FAMATO, ACRIMAT, ACRISMAT, SINDIFRIGO, OVINOMAT e o FESA pra implementação de medidas de prevenção contra a febre aftosa.O último foco da doença no estado ocorreu em 1996, e atualmente Mato Grosso é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como livre de febre aftosa com vacinação.
Max Campos/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos