Complexo Hospitalar de Cuiabá

Complexo Hospitalar de Cuiabá
CENTRAL DE ATENDIMENTO 55 65 3051-3000

Águas Cuiabá

Águas Cuiabá
Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé Av. Gonçalo Antunes de Barros, 3196 - Carumbé 78050-667 - Cuiabá / MT 0800 646 6115

Prefeitura de Tangará da Serra

Prefeitura de Tangará da Serra
Endereço: Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa 65 3311-4800

CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ

CÂMARA MUNICIPAL  DE CUIABÁ
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - Fone: (65) 3617-1500

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

"VERA: Secretaria de Saúde recebeu um analisador bioquímico e o aparelho para realizar teste da orelhinha"

Agora os bebês recém-nascidos podem realizar o exame em Vera de forma totalmente gratuita. A Administração Municipal de Vera através da Secretaria de Saúde recebeu e já colocou em uso dois novos equipamentos que vão auxiliar nos exames da população verense. Um deles é um analisador bioquímico que está no Laboratório Municipal e o outro é o aparelho de emissão otoacústica para realizar o teste da orelhinha nos bebês recém-nascidos do município que está no NASF, também já sendo utilizado pela fonoaudióloga. Os aparelhos foram adquiridos através de uma emenda parlamentar do Deputado Estadual Valdir Barranco, no valor de R$ 50 mil reais dos quais foram investidos cerca de R$ 38 mil.
Waldir Alessandro Gabriel que é o secretário de Saúde de Vera agradeceu o parlamentar pelo apoio e pela emenda destinada a saúde. "Quero aqui agradecer o deputado estadual Valdir Barranco por ter destinado esse recurso para Vera. E também ao nosso prefeito Moacir Giacomelli, por estar sempre em busca de novos recursos para a saúde. Nosso município está no rumo certo", ressaltou.
O coordenador da Vigilância Epidemiológica e Saúde Básica de Vera Geovane Ruhoff, falou sobre a importância da aquisição destes equipamentos para a saúde de Vera. “Esses equipamentos vêm a acrescentar e muito na saúde do nosso município principalmente na questão da fonoaudiologia. Agora recebemos o aparelho de emissões otoacústicas que este aparelho possibilita a realização do teste da orelhinha, que é um exame que deve ser realizado onde o bebê nasce. No nosso município os bebês nascem em Sorriso, mas infelizmente o nosso hospital de referência não realiza o teste. Tendo em vista essa demanda o município então correu atrás, através do nosso secretário de saúde e conseguiu uma emenda parlamentar do deputado estadual Valdir Barranco, que designou um recurso para Vera para a aquisição deste equipamento e junto compramos também um analisador bioquímico para o Laboratório Municipal”, destacou Geovane.
Entre os procedimentos realizados ainda na maternidade, logo após o nascimento do bebê, está a triagem neonatal auditiva ou o teste da orelhinha. O exame é feito, geralmente, no segundo ou terceiro dia de vida do bebê e identifica problemas auditivos no recém-nascido. Desde 2010 é determinado por lei que nenhuma criança saia da maternidade sem ter feito o teste, que é gratuito. No entanto antes do aparelho ser adquirido as mães tinham que ir a outros municípios já que o hospital de referência não realiza o exame ou tinham que pagar para realizá-lo em clínicas particulares. A partir de agora o exame será feito em Vera e de forma gratuita como previsto por lei quem falou um pouco sobre isso é a fonoaudióloga Meuri Lima.
“Esse exame tem como objetivo identificar precocemente perda auditiva nos bebês. Essa triagem auditiva precisa ser realizada no primeiro mês de vida para que as medidas necessárias sejam tomadas e a criança possa ter um desenvolvimento normal. Muitos recém-nascidos acabavam saindo da maternidade sem realizar o teste da orelhinha e tivemos casos da criança não ter feito o teste e chegar a dois anos e ai sim os pais procurarem o profissional para ver o que a criança tinha, será que ela tem autismo? E ela tinha uma perda auditiva e já atrasou todo o processo dela estar ouvindo, de estar falando. E agora com o aparelho as mães não precisam estar indo para outros municípios por que a Secretaria de Saúde de Vera oferta este exame de forma gratuita. E vale lembrar que ele é rápido e indolor a criança pode fazer até dormindo então é muito prático. E a mãe não precisa mais estar pagando este exame que é gratuito e garantido por lei”, concluiu a Fonoaudióloga.
Assessoria/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos