SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

Loja Oficial - Casa Prado

Loja Oficial - Casa Prado
Camisetas, Polos, Calças, Bermudas, Sapatos e Acessórios de Qualidade na Casa Prado!

domingo, 16 de fevereiro de 2020

"Tribunal alemão suspende derrubada de floresta para fábrica da Tesla"

Área em Grünheide onde será construída fábrica da TeslaJustiça ordena que gigante americana interrompa corte de árvores nos arredores de Berlim enquanto analisa pedido de associação ambiental. Empresa de Elon Musk planeja construir ali sua primeira "gigafábrica" da Europa. Um tribunal na Alemanha determinou na noite de sábado (15/02) que a Tesla interrompa imediatamente a derrubada de uma floresta nos arredores de Berlim, onde prepara o terreno para construir sua primeira fábrica na Europa. A decisão é uma vitória para ativistas ambientais locais. O Tribunal Administrativo Superior de Berlim-Brandemburgo emitiu uma liminar afirmando que, antes de tomar uma decisão final sobre o tema, precisa primeiro analisar um recurso contra o corte de árvores apresentado pela Grüne Liga Brandenburg, uma associação de proteção ambiental.
Organizações ambientalistas expressaram indignação quando a derrubada de árvores ao longo de 91 hectares de floresta teve início na última quinta-feira.
A Grüne Liga foi um dos grupos que se manifestou pela paralisação imediata dos cortes florestais, e entrou com um pedido de emergência na sexta-feira para que a preparação do terreno para a "gigafábrica" da Tesla fosse interrompida.
Em sua decisão, a corte afirmou que o "já avançado" trabalho de derrubada da floresta seria "concluído em três dias", e portanto decidiu impor uma suspensão temporária, enquanto analisa o recurso apresentado pela associação ambiental.
"Não devemos presumir que a moção que busca proteção legal trazida pela Grüne Liga não tem qualquer chance de sucesso", diz um comunicado do tribunal.
Na última quinta-feira, o Ministério do Meio Ambiente da Alemanha autorizou a Tesla a iniciar a derrubada da floresta para preparar o terreno para sua "gigafábrica", mas "por sua conta e risco", já que a empresa ainda não recebeu a licença final para a construção do prédio.
Segundo o ministério alemão, reclamações contra a nova fábrica ainda podem ser feitas até 5 de março e, depois disso, a permissão para a construção será analisada.
A gigante americana de carros elétricos planeja dar início à produção em Grünheide, no estado de Brandemburgo, em meados do próximo ano. O plano inicial de Elon Musk, CEO da Tesla, é produzir 150 mil veículos elétricos por ano ali. Mais tarde, a produção anual pode subir para 500 mil veículos. Estima-se que até 12 mil funcionários sejam contratados.
A Tesla anunciou em novembro que construiria sua quarta "gigafábrica" nos arredores de Berlim – atualmente, já existem duas nos Estados Unidos e uma na China –, uma notícia que dividiu moradores.
Uma área de 300 hectares em Grünheide, numa região conhecida por suas vastas florestas e numerosos lagos e rios, foi vendida à empresa pelo estado de Brandemburgo por 41 milhões de euros (190 milhões de reais).
EK/afp/dpa/rtr/ots/cp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos