SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

Loja Oficial - Casa Prado

Loja Oficial - Casa Prado
Camisetas, Polos, Calças, Bermudas, Sapatos e Acessórios de Qualidade na Casa Prado!

quarta-feira, 4 de março de 2020

"TCE-MT propõe parceria para capacitação de Conselhos Municipais de Educação do Estado"

Em reunião com representantes do Conselho Municipal de Educação de Cuiabá, realizada nesta terça-feira (03), o presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), conselheiro Guilherme Antonio Maluf, anunciou uma proposta de parceria para capacitação de todos os Conselhos Municipais de Educação do Estado. Na oportunidade, o presidente ressaltou que a solicitação do Conselho de Cuiabá vem ao encontro do que busca a Corte de Contas."O TCE também quer se aproximar dos conselheiros, especialmente de Educação e de Saúde. Queremos desenvolver ações de capacitação e de troca de conhecimento. O TCE tem muitas ferramentas que podem auxiliar os conselhos. É uma parceria que se inicia e tenho certeza que quem ganha com isso é a sociedade".
Ainda segundo Guilherme Antonio Maluf, conselhos capacitados são mais atuantes, favorecendo o controle social e a implementação de políticas públicas mais eficientes. "A proposta de parceria foi trazida pelo Conselho de Cuiabá, temos essa intenção e vamos estender para todos os conselhos de Mato Grosso".
Como objetivo fundamental de fazer o controle e o monitoramento de tudo que é feito na área educacional do município, os representantes do Conselho de Cuiabá procuraram a Corte de Contas a fim de solicitar o auxílio técnico, principalmente, pela avaliação que precisam fazer a cada dois anos do Plano Municipal de Educação.
"Temos algumas deficiências técnicas e necessidades de apoio e suporte para área metodológica, para que a gente possa efetivamente cumprir nosso papel. Como sabemos que o TCE tem um trabalho nessa área, viemos pedir socorro, para que tenhamos instrumentos para apresentar efetivamente à população como está a situação e a eficácia do que tem sido feito pela Secretaria de Educação", pontuou o presidente do conselho, Luiz Jorge.
Assessoria/Caminho Político
Foto: Tony Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos