SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"
"Juntos Somos Mais Fortes

quarta-feira, 1 de abril de 2020

"ARTICULAÇÃO: Abílio e Dilemário se filiam ao partido de Selma e Medeiros"

O ex-vereador Abílio Júnior e o vereador Dilemário Alencar se filiaram no Podemos nesta terça-feira (31) na sede do Diretório Estadual do Podemos. As filiações contaram com o aval da senadora Selma Arruda e do presidente do partido em Mato Grosso, o deputado federal José Medeiros. No último domingo, a senadora Selma postou em sua rede social o registro de uma foto de um encontro, em sua casa, em Chapada dos Guimarães, onde recebeu Abílio e Dilemário. Na postagem Selma, citou a frase: “Juntos por Cuiabá! Precisamos trabalhar para o desenvolvimento da cidade e proporcionar oportunidades para todos”. Também participaram da reunião o vereador Wilson Kero Kero (PSL) e o suplente de deputado federal Rafael Ranalli (Pros).
A expecatitiva é que Kero Kero e Ranalli aderem ao Podemos nos próximos dias. O prazo final de filiação para quem deseja disputar as eleições deste ano se encerra no próximo dia 4.
O ex-vereador Abílio Júnior estava filiado ao PSC. Ele recebeu a garantia das principais lideranças do Podemos de que terá carta branca para ser o candidato do partido a prefeito de Cuiabá na eleição de outubro deste ano. Para isso, Abílio espera recuperar os seus direitos políticos através do Poder Judiciário, visto que teve o seu mandato cassado por 14 vereadores aliados do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).
Já o vereador Dilemário Alencar estava filiado no PROS. Dilemário faz oposição à gestão do atual do prefeito municipal e votou contra a cassação de Abílio.
“Nós do Podemos estamos muito satisfeitos com a adesão do Abílio e do Dilemário. O partido se fortalece muito com essas duas filiações para a disputa dos cargos de prefeito e de vereador, pois a meta do nosso partido é eleger o futuro prefeito de Cuiabá e no mínimo quatro vereadores”, disse Benedito Lucas, secretário geral do Podemos em Mato Grosso.
Assessoria/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos