SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

Loja Oficial - Casa Prado

Loja Oficial - Casa Prado
Camisetas, Polos, Calças, Bermudas, Sapatos e Acessórios de Qualidade na Casa Prado!

terça-feira, 2 de junho de 2020

"Interesse da PJC-MT em presídio desocupado de Dom Aquino vai gerar segurança e economia de R$ 24 mil ao ano"

Atual delegacia de polícia civil de Dom Aquino se encontra em condições precárias e não garante segurança aos servidores públicos.Com o fechamento da cadeia pública de Dom Aquino (MT) pela Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT), na última sexta-feira (29), o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) realizou visita ao prédio, nesta segunda-feira (1), juntamente com o delegado da Delegacia da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT), Claudemir Ribeiro de Souza, e o vereador Adelson Martins (PP), conhecido por Gato. Claudemir, que é delegado titular do município de Juscimeira (MT) e atende Dom Aquino, conta que a polícia civil atualmente realiza o atendimento em uma pequena casa, com condições precárias, sendo que o valor da locação é de R$ 2 mil reais por mês. Ele considera que com a desocupação da cadeia pública poderia ser reaproveitado o espaço que conta com celas, câmeras de monitoramento, parte técnica de Internet com fibra óptica, pátio e estrutura material.
Economia
“Viemos visitar este prédio que poderá ser instalada a Delegacia Municipal de Dom Aquino. Este espaço poderá gerar uma economia para o estado de Mato Grosso de cerca de R$ 24 mil ao ano, sem necessidade de pagar aluguel de imóvel. Pretendo essa semana, apresentar um requerimento na Assembleia Legislativa de Mato Grosso direcionado para a Sesp e ao governador estadual para que essa cadeia seja transferida para atender a polícia civil”, explica deputado Claudinei.Claudemir acrescenta que além da economia, a segurança dos servidores públicos que atendem a segurança pública de Dom Aquino estará garantida. “Este espaço é muito bom. Existe uma estrutura pronta que foi feita para dar segurança para equipe de agentes prisionais. Seria interessante, o deputado articular junto com a gestão da Sesp, para estar liberando para nós. Eu já penso que nós não temos que só pensar no financeiro, temos que pensar também na segurança do policial”, enfatiza.
Falta de Segurança
O delegado relata que há um ano e três meses, passou a responder pela delegacia de Dom Aquino, sendo que já deparou com duas fugas de presos, principalmente pela precariedade das celas e que gera uma falta de segurança muito grande para a equipe de policiais. “O espaço é pequeno. Este prédio sendo cedido, pode ter certeza que será bem utilizado, mais segurança aos policiais e, também, para os presos que tem os seus direitos elencados nos textos normativos do nosso país. E este prédio não ficará abandonado”, salienta Claudemir.
O presídio contava com 24 presidiários que foram transferidos para Penitenciária Major Eldo de Sá, conhecida por Mata Grande, em Rondonópolis (MT). Em relação ao efetivo de pessoal de Dom Aquino, a Sesp vai definir as unidades que os policiais penais e administrativo vão ser recolocados.O vereador Adelson torce para que o deputado Claudinei possa fazer uma articulação que garanta essa ocupação na sede da antiga cadeia pública. “O deputado sempre vem olhado para nós. Neste presídio, foi embora os funcionários, mas estamos aqui reivindicando e que o governo do Estado repasse este prédio para a delegacia do nosso município”, pontua o parlamentar.
TAC – O espaço foi desocupado em atendimento ao Termo de Ajustamento de Conduta de n.° 01/2020 firmado entre o governo de Mato Grosso, Ministério Público Estadual (MPE-MT), Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT).
Assessoria/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos