SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

Loja Oficial - Casa Prado

Loja Oficial - Casa Prado
Camisetas, Polos, Calças, Bermudas, Sapatos e Acessórios de Qualidade na Casa Prado!

sexta-feira, 12 de junho de 2020

"TRATAMENTO DE EXCELÊNCIA: "Fui curado da Covid-19 na Santa Casa melhor que em qualquer hospital particular", afirma aposentado"

Roberto Tadeu Fernandes de Figueiredo, 60 anos, passou 15 dias internado no Hospital Estadual Santa Casa até se curar do coronavírus."Quando cheguei na Santa Casa senti a segurança que eu precisava para seguir o tratamento contra a Covid-19". A afirmação é do aposentado Roberto Tadeu Fernandes de Figueiredo, 60 anos, que passou 15 dias internado no Hospital Estadual Santa Casa, entre o final de maio e início de junho, mesmo com plano de saúde. Roberto começou a sentir os primeiros sintomas de coronavírus no dia 22
de maio e contou que após três dias passando mal, procurou um hospital particular em Cuiabá. Na unidade da rede privada de saúde, ele permaneceu por quatro dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e após esse período recebeu alta médica.
No entanto, como ainda se sentia mal, voltou a buscar atendimento e conseguiu a regulação para o Hospital Estadual Santa Casa.
"No momento em que cheguei à Santa Casa estava muito fraco, mas consegui ver de cara o respeito e carinho dos profissionais quando fui levado para o leito de enfermaria em uma cadeira de rodas. Sentimento este que não tive no outro hospital, sentia que estava abandonado, sem tratamento", narrou Roberto.
O aposentando contou que na enfermaria outras 12 pessoas também recebiam tratamento contra o coronavírus. "Tínhamos cinco refeições diárias. Café da manhã, um grande almoço, lanche, jantar e ainda no final da noite um lanchinho. Além disso, os técnicos vinham trocar os lençóis, nossa roupa era entregue limpa. Não tem como explicar o quanto isso nos traz segurança, principalmente, quando estamos lidando com uma doença que nos dá medo em todo momento", disse ele.
Ele lembrou que nada mexe mais com a cabeça do ser humano do que enfrentar algo desconhecido. Por isso, destacou o estímulo que recebeu da equipe médica e psicológica do Hospital."Por mais receio que os médicos e todos os profissionais da saúde possam ter neste momento, todos estavam empenhados em nossa recuperação. Se preocupavam se comíamos e, se estávamos tristes, tentavam nos animar. A psicóloga foi fundamental em meu tratamento, pois cheguei a ficar muito ansioso, e ela me ajudou muito neste processo", frisou o aposentado.
Com 42 anos de serviço público, sendo 39 atuando em serviço hospitalar, Roberto disse que está surpreso com a aplicação do dinheiro público feita na unidade. Para ele, cada centavo investido pelo Governo foi bem gasto.
"Não falo da boca para fora. Quando a gente chega em um local onde somos bem tratados e a estrutura é impecável, nos dá mais segurança de que sairemos bem. O que mais me alegrou foi que estava dentro de um Hospital Estadual (SUS), tendo um atendimento de primeira qualidade. Fiquei muito feliz em ver o recurso público sendo usado com respeito e em benefício da população", relatou.
"O hospital está impecável em relação à infraestrutura e atendimento, não deixando nada a desejar para os hospitais particulares da nossa cidade. Eu que possuo plano de saúde, fui melhor atendido na Santa Casa do que no hospital particular. Não tem como fazer a comparação da excelência do atendimento do Hospital Estadual Santa Casa, com nenhum hospital da rede particular. Agradeço a Deus por ter sido tratado na Santa Casa", completou o aposentado.Roberto ainda fez questão de agradecer a toda a equipe médica da Santa Casa pelo empenho no tratamento e, principalmente, pelo cuidado em não deixar a família dele sem notícias durante todo o período da internação.
"Agradeço aos médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, equipe de serviços gerais, maqueiros, equipe de nutrição, equipe de Radiologia, serviço social, que manteve a minha família informada enviando notícias por e-mail diariamente, e também à equipe da psicologia", concluiu.
Hospital Estadual Santa Casa
A unidade foi totalmente reformada após a requisição administrativa feita pelo Governo do Estado, em 2019. Durante este período de pandemia, o governo ampliou e adequou o local para o tratamento dos pacientes da Covid-19. Toda a estruturação foi realizada em menos de um mês e, em março, a unidade já contava com 147 leitos, sendo 110 de enfermaria e 30 de UTI, exclusivos para os casos de coronavírus.
Atualmente, o Hospital Estadual Santa Casa conta com 50 leitos de UTI exclusivos covid-19, sendo 10 para Terapia Intensiva pediátrica.
Larissa Malheiros/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos