SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

quinta-feira, 16 de julho de 2020

" EDUCAÇÃO: Indicação garante refeições aos alunos da rede pública de ensino de MT"

Com a interrupção das aulas por causa da Covid-19, Delegado Claudinei fez indicação para que alunos tenham acesso à merenda escolar. Com a suspensão de aulas presencias da rede pública de ensino de Mato Grosso, neste período de pandemia da Covid-19, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) realizou indicação de n.º 1.350/2020 para manter o fornecimento de merenda escolar aos alunos. A Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc-MT) prontamente já realiza e beneficia famílias que estejam em situação de vulnerabilidade.

“Como já entendemos, a interrupção das atividades escolares, se deve a situação da Covid-19 e, assim, evita a aglomeração de pessoas. Outra questão, a rede pública escolar é composta por milhares de alunos, crianças e jovens de baixa renda, que vivem em situação de vulnerabilidade e que são membros de famílias cadastradas no programa “Bolsa Família”, esclarece o parlamentar.
Claudinei ressalva que a merenda escolar é necessária para grande maioria dos alunos, por ser a principal refeição do dia. “Por isso, a importância de assegurar a alimentação dessas crianças e jovens, durante o período de suspensão das aulas. Só tenho que parabenizar a Seduc e governo estadual por manterem o fornecimento da alimentação para estes estudantes”, posiciona.
Kit Alimentação
Os recursos para aquisição dos alimentos são originados do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A Seduc realiza a distribuição de kit de alimentação escolar, de forma diária, para os alunos matriculados em escolas estaduais, desde maio deste ano. Os mantimentos são entregues para as famílias, sendo que conta com frutas, leite, biscoitos, frango congelado, entre outros itens.
A Seduc conta com 767 escolas de ensino público, que envolve também alunos de comunidades tradicionais (quilombolas e indígenas).
Samantha dos Anjos/Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos