SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

quarta-feira, 22 de julho de 2020

"SEGURANÇA: Deputado Claudinei garante a construção de Centro de Atendimento Socioeducativo em Rondonópolis"

Essa obra é resultado de convocação do parlamentar ao secretário Bustamante para esclarecimentos do não cumprimento de ações judiciais da Sesp-MT. O deputado estadual e presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Delegado Claudinei (PSL), nesta terça-feira (21), visitou a área que será instalada o novo Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE), em Rondonópolis (MT). O prédio terá capacidade para atender 60 menores infratores e orçada em R$ 7,5 milhões. No momento é feito a limpeza do terreno para o início das obras.
A ordem de serviço para a construção foi emitida, no dia 13 de julho, pelo governo do estado de Mato Grosso, com previsão de término das obras no prazo de até oito meses. De acordo com o governador Mauro Mendes (DEM), o projeto inicial foi elaborado pela gestão estadual anterior, no valor de R$ 10 milhões de reais. Ele posiciona que uma parceria com o Ministério Público Estadual (MPE) e o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) foi refeito um novo projeto que garantiu uma economia de R$ 2,5 milhões.   
Convocação
O deputado Claudinei lembra que a convocação feita por meio do requerimento de n.º 217/2020 e protocolada na Casa de Leis, no dia 17 de junho, com a presença do secretário Alexandre Bustamante da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT), garantiu que este prédio do Sistema Socioeducativo fosse tirado do papel e entrasse em execução. 
“A reunião de convocação teve o propósito do secretário esclarecer sobre as ordens judiciais e a falta de nomeação dos aprovados em concurso público. Tanto que foi ressaltado sobre os prédios que estavam previstos a serem construídos em nove municípios, sendo que em outubro de 2018, com acordo judicial – essa situação não foi resolvida – em que há um bloqueio judicial de mais de R$ 30 milhões para o devido atendimento”, explica o parlamentar.
Nesta oportunidade, Bustamante explicou que o governo estadual havia feito um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Ministério Público (MPMT), Defensoria Pública e Poder Judiciário de Mato Grosso para que fossem construídas novas unidades que atenderão os municípios de Tangará da Serra, Sinop, Barra do Garças e Rondonópolis. “Essa demanda tem mais de 15 anos no Estado e já foi objeto de bloqueio. Hoje, vamos fazer as unidades em quatro municípios. O projeto da Secretaria é da modalidade pré-moldado para que a obra seja feita de forma bem rápida”, finalizou o secretário.
Contratação 
“Além da construção destes quatro prédios, também, há previsão de ter novos centros socioeducativos em Cuiabá e Cárceres. O importante que essa obra já começou em Rondonópolis. Espero nos próximos dias já iniciem as outras obras. E, estes aprovados dos últimos concursos da segurança pública, que é uma de nossas cobranças ao secretário na convocação, possam ser nomeados. Cobramos a construção destes prédios para que com isso possa chamar estes aprovados. E, claro, extinguir estes contratos temporários que o governo estadual ainda teima em renovar”, pontua o deputado estadual. 
Alexandre Bustamante salientou que a construção destes prédios vai gerar benefícios. “A Secretaria lembra que Mato Grosso é carente de vagas no Sistema Socioeducativo. Vai gerar emprego, atender uma demanda judicial que se arrasta há muitos anos e adotar vagas suficientes para atender o menor infrator. No final da obra, vamos avaliar a contratação de novos servidores que é um processo lento, mas um processo programado e planejado”, destaca. 
O estado de Mato Grosso hoje conta com 143 vagas no Sistema Socioeducativo para atender os menores infratores. Com os novos prédios será ampliado para 443 vagas.
Samantha dos Anjos/Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos