TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

"Beneficiários do Bolsa Família poderão ter acesso gratuito à internet "

Carlos Fávaro defende projeto de regularização fundiária — Senado ...Proposta está prevista em projeto de lei apresentado pelo senador Carlos Fávaro (PSD-MT). De autoria do senador Carlos Fávaro (PSD-MT), está em tramitação no Senado Federal o Projeto de Lei nº 4243/2020 que assegura o acesso gratuito à internet aos beneficiários do programa Bolsa Família. A proposta altera a Lei nº 10.836/2004, que criou o programa, incluindo o direito ao acesso gratuito à internet aos seus beneficiários. Ainda, conforme a proposta, a gratuidade deverá ser financiada com os recursos do Fundo Universal dos Serviços de Telecomunicações (Fust).
“A falta de inclusão digital não pode continuar a se impor e causa um severo déficit de acesso à informação, ou seja, aos direitos mais básicos dos cidadãos, como o direito à educação, por exemplo”, destacou o senador.
Essa situação ficou ainda mais evidenciada neste ano, em razão da pandemia provocada pelo coronavírus. Desde as imensas filas formadas nas agências da Caixa Econômica Federal até a disparidade de acesso às aulas entre os estudantes de famílias ricas e de baixa renda deixam clara a necessidade de acesso à rede para que os cidadãos possam, efetivamente, exercer seus direitos.
Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD-Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgadas pela Agência Senado apontam que 14,9 milhões dos lares brasileiros, ou seja, cerca de 46 milhões de pessoas, não possuem acesso à internet. Sendo que deste total, 25,4% estão nesta situação por não ter condições de pagar pelo serviço.
“Se esta é a realidade, então é necessária a ação do poder público”, destacou Fávaro, ressaltando a importância do programa Bolsa Família para assegurar dignidade aos mais carentes.
Em comunicado que destacou que o acesso à internet é fundamental para que crianças e adolescentes possam exercer seus direitos, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) destaca que “os direitos humanos são exercidos cada vez mais online”.
Para assegurar o direito de acesso à internet nos termos do projeto do senador Carlos Fávaro, o Fust, criado há 20 anos, já arrecadou mais de R$ 22,6 bilhões, sendo que, nos últimos cinco anos, apenas 0,0062% da arrecadação foi efetivamente paga, o que representa um investimento mensal de apenas R$ 8,5 mil por mês em avanço das telecomunicações no período.
Veja aqui o projeto
Acompanhe o Senador Carlos Fávaro nas Redes Sociais
Instagram/ Twitter: Carlos Fávaro
www.facebook.com/carloshbfavaro
Assessoria/Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos