SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

sábado, 29 de agosto de 2020

"CRIME ELEITORAL: “Emanuel Pinheiro usa recursos públicos para se autopromover”, denuncia Wellaton"

Emanuel Pinheiro vai processar vereador investigado | MUVUCA POPULARO vereador Felipe Wellaton, por meio do seu partido Cidadania, entrou com uma representação na Justiça Eleitoral contra o uso de recursos públicos para autopromoção por parte do Prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB). Segundo a peça, no último domingo (23/08), a Prefeitura Municipal de Cuiabá veiculou no intervalo do programa “Fantástico” da Rede Globo (TV Centro América) uma propaganda institucional com objetivo exclusivo de
promover o prefeito que é pré-candidato à reeleição.De acordo com a representação do Cidadania, a prefeitura, por meio de seu gestor, usa a atipicidade provocada pela pandemia da Covid-19 para, maliciosamente, promover obras que, segundo a propaganda, foram entregues pela atual gestão.
No texto, consta que a propaganda divulga várias unidades que não recebem ou têm qualquer relação com triagem e tratamento da Covid-19. No vídeo divulgado em horário nobre pela prefeitura não consta nenhuma prestação de serviço à população ou qualquer conteúdo orientativo em relação à pandemia. Trata-se apenas de um videoclipe para divulgar obras e influenciar as pesquisas eleitorais, uma vez que a rejeição a Emanuel Pinheiro é a maior entre todos os pré-candidatos.
“Isso é crime eleitoral, abuso de poder político e uso da máquina pública. Dinheiro do povo sendo usado para campanha eleitoral. O Ministério Público precisa investigar essa conduta ilegal”, declara o vereador.
O diretório municipal do Cidadania já pediu que a Justiça Eleitoral determine com urgência a retirada da propaganda ilegal do ar e aplicação de multa ao gestor.
Da Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos