TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

"DIREITOS DAS MULHERES: Deputado propõe criação de Fundo Estadual para enfrentamento da violência doméstica"

Dinheiro arrecadado será destinado a execução de políticas públicas . O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) é o autor do projeto de lei (PL 711/2020) que cria o Fundo Estadual para Enfrentamento à Violência contra as Mulheres em Mato Grosso. A proposta foi protocolada na sessão ordinária de terça-feira (13). Pelo texto do projeto, o Fundo Estadual para Enfrentamento à Violência contra as Mulheres será destinado a financiar programas de apoio, capacitação e enfrentamento à violência contra mulheres.
Para cumprir a execução de políticas públicas, o Fundo Estadual para Enfrentamento à Violência contra as Mulheres poderá ser constituído por recursos financeiros específicos e também receber doações de pessoas físicas ou jurídicas bem como contribuições de entidades públicas e privadas nacionais ou internacionais.
Também será autorizado receber dinheiro proveniente de convênios, contratos, acordos ou ajustamento de condutas, firmadas com entidades públicas ou privadas, nacionais ou internacionais.
Na justificativa, o deputado Wilson Santos cita que número de casos de feminicídio registrado entre março e abril deste ano em comparação com o mesmo período de 2019 cresceu em 150%, em Mato Grosso, conforme dados do estudo “Violência Doméstica durante a pandemia de Covid-19”, realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Por conta disso, Mato Grosso é o segundo estado que mais teve crescimento nos casos de mulheres mortas durante o período de isolamento social, atrás apenas do Maranhão onde o crescimento foi de 166%.
"Estes dados oficiais reforçam a tese da necessidade de ampliação das políticas públicas de enfrentamento a violência doméstica e proteção às mulheres. Este tem sido um grande desafio para os gestores e para todos que trabalham no atendimento às vítimas e na responsabilização dos agressores", conclui o parlamentar.
RAFAEL COSTA/Caminho Político
Foto: Fablicio Rodrigues
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos