SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf

Tribunal de Contas de Mato Grosso - Presidente Dr. Guilherme Maluf
Rua Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, - Ed. Marechal Rondon - Centro Político Administrativo - Cuiabá-MT

Loja Oficial - Casa Prado

Loja Oficial - Casa Prado
Camisetas, Polos, Calças, Bermudas, Sapatos e Acessórios de Qualidade na Casa Prado!

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

‘Café com o Presidente’ reúne sindicatos patronais do comércio para lançamento de programa do Senac-MT"

A Administração Regional do Senac em Mato Grosso promoveu, na manhã de quarta-feira (09), uma roda de conversa entre o presidente do Sistema Comércio, José Wenceslau de Souza Júnior, e presidentes de sindicatos patronais do setor juntamente com o diretor de Operações das Lojas Pernambucanas, Oger Silvério, de forma virtual, para tratar da “Retomada do Comércio – falando de crise e como superá-la”. Para o presidente Fecomércio-MT, o uso da tecnologia foi essencial para ajudar na retomada das atividades econômicas no estado. “Eu tinha muito receio em realizar compras on-line, e a pandemia me fez quebrar vários paradigmas. Depois disso, consegui enxergar um outro tipo de cliente dentro das lojas, que nos visitam por meio dos sites, realizam as compras até com melhores condições e, inclusive, recebem as mercadorias em casa”, afirmou o presidente.
Com isso, Wenceslau concluiu que precisamos entender, principalmente o governo estadual, que a alta carga tributária se torna um atrapalhador das lojas físicas. “Tivemos que reinventar os nossos negócios, e o governo necessita caminhar junto, pois a nossa carga tributária é altíssima. Se não houver uma redução da tributação, nossas lojas se tornaram lojas de ‘showroom’, onde as pessoas olham nossos produtos e acabam comprando pela internet de outros estados”.
Visualização da imagemO presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Tecidos, Confecções e Armarinhos de Mato Grosso (Sincotec-MT), Roberto Peron, questionou Oger Silvério sobre o impacto do comércio on-line durante o período em que o comércio permaneceu impedido de funcionar. O diretor de Operações explicou que “houve um salto muito grande de vendas digital, 1.700% se comparado com o período anterior à pandemia”.
Ainda sobre o assunto, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Calçados e Couros do estado (Sincalco-MT), Junior Macagnam, completou que as lojas físicas devem ser um complemento das lojas on-line. “Elas devem somar forças. Há uma necessidade de as empresas estarem preparadas para que haja a integração dos dois sistemas de vendas. Foi o que conseguimos observar em alguns casos, onde as pessoas compravam pela internet com a possibilidade de retirada na própria loja física”.
Retomada da qualificação gratuita
Durante o evento, foi lançado o SINDPró Mato Grosso, programa da Fecomércio e Senac de apoio a qualificação profissional para os empregados das empresas do comércio de bens, serviços e turismo no estado. A diretora regional do Senac, Eliana Salomão, reforça que o lançamento visa retomar os programas de caráter obrigatório. “O nosso propósito, agora, é aumentar exponencialmente a oferta de programas como o PSG (Programa Senac de Gratuidade) e ‘Jovem Aprendiz’ junto com os sindicatos patronais. Para isso, contamos com a participação de sindicatos, onde vamos conhecer as necessidades dos empresários daquele ramo e, então, trabalhar na solução por meio da qualificação dos funcionários”.
Oger Silvério, na oportunidade, lembrou que iniciou a carreira profissional como Jovem Aprendiz, programa do Senac de aprendizagem comercial destinados a jovens na faixa dos 14 aos 24 anos de idade. “É muito legal saber dessa ação. Na própria Lojas Pernambucanas existem vários gerentes de lojas que foram jovens aprendizes, e eu também aqui por intermédio desse programa”, concluiu o diretor.
Para a diretoria de Educação Profissional do Senac Mato Grosso, Zil Arruda, uma dificuldade encontrada no estado é a formação, na sua maioria, de empresas familiares. “As pessoas acabam entrando nas empresas sem muitas expectativas e a oferta desse programa, em parceria com os sindicatos patronais, possibilitará que as pessoas se qualifiquem e almejem cargos e condições melhores”, ressaltou.
Gustavo Ourique/*Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos