SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

terça-feira, 1 de setembro de 2020

"Secretária adjunta de Governo do município tem alta do Hospital Referência após 45 dias de internação"

Nesta terça-feira, 1º de setembro, a secretária adjunta de Governo, Ivone de Souza, começa uma nova vida. Ela teve alta do Hospital de Referência COVID-19 depois de 45 dias internada e de ter ficado entubada, com 80% dos pulmões comprometidos. A alta de Ivone foi muito comemorada pela família e por alguns amigos que estiveram no hospital para acompanhar sua saída do hospital. Muito emocionada, a secretária agradeceu a presença de todos e disse estar aliviada em ter a oportunidade de voltar para casa. “Agora é uma vida nova.
Foram 45 dias de muita luta, muito sofrimento. Peço às pessoas que se cuidem, porque essa doença é muito séria. Tem gente que não está dando importância para ela, mas é preciso se importar sim. Eu me cuidei, e mesmo assim me contaminei. Eu vi a morte, mas Deus me deu uma chance de retornar e viver novamente. Também quero dizer que o tratamento que recebi aqui no hospital foi muito bom, eu tive tudo o que eu precisei, por isso estou viva. Só tenho a agradecer à equipe deste hospital que cuidou tão bem de mim. Agradeço também aos meus amigos e minha família, que oraram por mim todos os dias”, disse Ivone.
O esposo da secretária adjunta, Reinaldo Figueiredo, aguardava ansioso sua saída do hospital. “É uma data para comemorar, não vamos esquecer nunca mais. É uma vitória ela sair daqui. Agora é continuar com os cuidados em casa, até ficar totalmente recuperada”, comentou. A filha de Ivone, Nicole Thayane disse que foi muito marcante ver a mãe ficar tanto tempo hospitalizada. “A gente aprende a dar mais valor à vida e às pessoas que nos cercam. Emocionada, a enteada de Ivone, Milena Elis falou que só tem a agradecer à equipe do hospital por ter cuidado tão bem da madrasta e que é uma felicidade tê-la de volta em casa.
O antigo Pronto Socorro Municipal foi transformado em Hospital Referência COVID-19. A partir do dia 20 de março deste ano, o hospital passou a atender apenas pacientes com Covid-19 confirmados ou com suspeita da doença. Ele conta com 95 leitos de UTI, sendo 80 adultos e 15 pediátricos.
Assessoria/Caminho Político
Foto: Davi Valle

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos