SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

terça-feira, 1 de setembro de 2020

"SEGURANÇA: Falta de efetivo preocupa delegados de polícia da Regional da PJC de Nova Mutum"

Os cincos delegados de polícia ligados à Delegacia Regional da Polícia Judiciária Civil de Nova Mutum atendem 11 municípios da região. O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) esteve na sede da Delegacia Regional da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT), em Nova Mutum (MT), para conhecer a realidade dos trabalhos desenvolvidos pela instituição. Ele foi recepcionado pela delegada titular da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), Angelina de Andrade, pelos delegados de polícia lotados no município de Lucas do Rio Verde (MT), Marcello Henrique Maidaime e Daniel Santos Nery. Na oportunidade, foi apontado o déficit de servidores ligados à Delegacia Regional que atende 11 municípios e nove delegacias, com atuação de apenas cinco delegados de polícia. “Se pensar na carreira de delegados, não temos infraestrutura para acompanhar todos os flagrantes, pois teríamos que ficar 24h, dois ou três dias seguidos, totalmente fora das forças humanas”, diz o delegado Marcello que representou a delegada regional Alessandrah Marquez Alecrim.
A Unidade não possui um setor específico direcionado ao Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), mas conta com policiais civis especializados e que foram treinados para atuar neste tipo de investigação criminal. “São policiais que estão locados na Derf, na Regional e Delegacia Municipal. Não tem um lugar específico para o Garra, mas se precisar, eles atendem na hora. Quando precisa, juntam eles”, esclarece a delegada Angelina.
Central de Flagrantes
Em relação a falta de efetivo, o deputado lembrou do período que atuou na Delegacia Regional de Rondonópolis (MT), como delegado de polícia, sendo que criou uma Central de Flagrantes para reduzir o número de plantões aos servidores. “Final de semana juntei os municípios de Jaciara, Juscimeira, São Pedro da Cipa e Dom Aquino e centralizei todo o atendimento em Jaciara, por serem cidades próximas. Juntei todos os escrivães, cada um tirava um plantão por mês, às vezes, passava até um mês sem fazer plantão. Os delegados foram a mesma coisa. Eu fiz isso em Rondonópolis e deu certo. Mas, resumindo, é aquele problema habitual que a gente encontra, falta de efetivo”, compartilha Claudinei.
Marcello considera que a Central de Flagrantes é um passo para oferecer uma qualidade de vida e bem-estar para o servidor da segurança pública. Ele também apontou que as delegacias do interior não possuem verba de manutenção e apresentam condições precárias na estrutura física. “Infelizmente, o delegado de polícia chega a tirar dinheiro do bolso para fazer manutenção. As delegacias de Nova Mutum e Lucas do Rio Verde apresentam boa estrutura em relação as outras delegacias”, comenta o delegado de polícia.
Viaturas Descaracterizadas
Os delegados de polícia comentaram que a questão de viaturas está tudo certo, mas que é preciso aumentar os veículos descaracterizados. “Melhorou bem a questão das viaturas. Está vindo muito veículo caracterizado. As minhas duas caracterizadas estão até meio paradas. Os levantamentos são feitos todos com carros descaracterizados e até chegamos a usar nossos veículos particulares. Precisamos ampliar, eu digo em todo o estado”, enfatiza Maidaime. A Delegacia Regional administra outras nove delegacias e abrange os municípios mato-grossenses de Diamantino, Alto Paraguai, Nortelândia, Nova Marilândia, Nova Mutum, Arenápolis, São José do Rio Claro, Santo Afonso e Lucas do Rio Verde, Nova Maringá e Santa Rita do Trivelato.
Samantha dos Anjos/Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos