DIRETO DA VENEZUELA

DIRETO DA VENEZUELA
Tweets por ‎@infoenlaceweb INSTAGRAM @INFOENLACEWEB

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Endereço: Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 29 de setembro de 2020

"Senado recebe Salles em busca de solução contra os incêndios e destruição no Pantanal"

Focos de fogo castigam duramente o santuário ecológico desde meados do ano, com recorde no número de queimadas.
A Comissão Temporária Externa do Pantanal receberá, nesta quarta-feira, 30, o ministro Ricardo Salles, de Meio Ambiente, abrindo as discussões que possam resultar em solução contra os incêndios florestais na região. Focos de fogo castigam duramente o santuário ecológico desde meados do ano, causando destruição de plantas e animais e comprometendo seriamente a vida no bioma.De acordo com plano de trabalho aprovado, além do ministro do Meio Ambiente, participarão da audiência pública remota representantes do Ibama/Prevfogo; da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).
O presidente da Comissão do Pantanal, Wellington Fagundes (PL-MT), informou que também foram convidadas entidades representantes da sociedade civil. São elas: Centro de Pesquisa do Pantanal (CPP); Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato); e, Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul – Famasul.
“Temos hoje uma situação de emergência no Pantanal. Muito triste, dolorosa para todos nós, que aprendemos a admirar as belezas desse patrimônio natural da humanidade. E o que queremos é preservá-lo, dentro de suas características. Para isso, precisamos avançar, especialmente no tocante a uma legislação que possa contemplar todos os seus personagens. Daí a importância dessas audiências públicas” – frisou Fagundes.
Segundo o plano de trabalho aprovado, serão feitas pesquisas, análises de dados e avaliações por entidades públicas e privadas; a identificação de atores sociais e agentes econômicos que atuam ou sofreram danos com os incêndios; audiências públicas com especialistas e agentes envolvidos ou afetados pelos incêndios e mais visitas às regiões atingidas pelas queimadas.
Além do senador Wellington Fagundes, presidente, a Comissão Temporaria Externa do Pantanal é formada pelos senadores Nelsinho Trad (PSD-MS), Simone Tebet (MDB-MS) e Soraya Tronicke (PSL-MS), Jayme Campos (DEM-MT), Carlos Favaro (PSD-MT), Espiridião Amim (PP-SC) e Fabiano Contarato (Rede-ES).
Além da audiência pública desta quarta-feira, a Comissão Temporária Externa do Pantanal deverá realizar ainda uma diligência ao Pantanal de Mato Grosso do Sul no próximo dia 3. Os senadores deverão visitar a região de Corumbá, município que detém o recorde de focos de incêndios florestais.
Pouco alívio
Wellington Fagundes ressaltou que a chuva do último fim de semana aliviou um pouco o calor e o tempo seco do Pantanal, mas não o suficiente para frear o avanço do fogo. Setembro bateu a marca de mês com maior número de focos de incêndio do bioma, atingindo 6.048 uma semana antes de adentrar outubro. Anteriormente o mês com mais incêndios era agosto de 2005, com 5.993, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que iniciou o monitoramento da região em 1998.
Assessoria/Caminho Político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos