SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"
"Juntos Somos Mais Fortes

sábado, 10 de outubro de 2020

"Em visita ao interior, Nilson Leitão reforça oposição ao PT"

Com o intuito de visitar os diferentes municípios do interior mato-grossense, Nilson Leitão (PSDB) está em viagem para divulgar suas propostas de campanha para o Senado Federal. Nesta semana ele percorre as cidades de Juína, Aripuanã, Tangará da Serra e Barra do Bugres. Na semana passada esteve no Nortão e até o fim da campanha eleitoral, deve visitar mais 26 localidades.
Um dos pontos importantes nas falas de Leitão é que ele se mostra como um forte opositor ao Partido dos Trabalhadores, que deixou o comando do país em 2016 após impeachment. Ele relembra que o pontapé inicial para a retirada do PT do poder veio com uma iniciativa sua, pois foi um dos primeiros deputados federais a pedir o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Nilson se considera alguém que não fica em cima do muro e não tem medo de escolher quais lutas travar.
"Eu liderei o impeachment, fui líder da oposição contra o PT. Eu não fui mais um deputadinho, fui líder. Subia na tribuna e dizia 'o caminho é por ali'. O impeachment abriu a porta para a ascensão do presidente Bolsonaro. Se não tivéssemos o impeachment, não teríamos o Brasil de hoje. Foi uma luta que eu precisei abrir mão do estado na época. Passava o final de semana em Brasília, virando noite, virando dia, para construir o impeachment com, no máximo, 30 deputados. Depois da onça morta todo mundo foi tirar fotografia", avalia.
Com a mesma dedicação em que ele conseguiu o impeachment, Nilson Leitão pretende lutar por Mato Grosso por inteiro. Ele reconhece que ainda que cada município tenha sua particularidade, todos têm problemas e é preciso trabalhar conjuntamente para resolvê-los. "As nossas dores são as mesmas. Em quase todas as áreas. Cada um com as suas diferenças, as suas peculiaridades, mas o sofrimento é o mesmo. Eu gosto do que faço, atuo com dedicação, transparência. Eu escolho lado, eu tenho lado. Eu não fico em cima do muro em tema nenhum. Eu tenho coragem de enfrentá-los", afirma.
Coligação “Mato Grosso por Inteiro” - PSDB / DEM / PL / PTC - CNPJ: 38.731.179/0001-20. Nilson Leitão. Suplentes Júlio Campos e José Márcio Lopes Guedes. Propaganda eleitoral.
Foto: Edson Rodrigues/Caminho Político

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos